Enders - Lissa Price.

Título: Enders.
Original: Enders.
Autora: Lissa Price.
Editora: Novo Conceito.
Nota: 2/5.

Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do ir- mão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou. Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama. Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar. (SKOOB)

Faz tempo que eu li esse livro, porém só agora tive coragem de fazer essa triste resenha. Eu simplesmente adorei o primeiro livro, Starters, então fiquei super ansiosa para essa continuação, óbvio. Só que, infelizmente, não consegui ter uma leitura proveitosa e fiquei chateada. Uma pena. Enfim, vamos à resenha.

Atenção! Essa resenha pode conter alguns spoilers do primeiro livro, Starters, então leia por sua própria conta e risco

No livro anterior, Callie e companhia conseguiram destruir a Prime Destinations e agora estavam ansiosos para tentar fugir desse pesadelo, deixando tudo isso para trás. Porém eles ainda tinham o chip implantado em seus cérebros, fazendo com que o Velho ainda seja capaz de controlá-los e ainda consegue se comunicar com Callie, o que sempre a assusta. Ela vai então tentar arrumar um jeito de remover esse chip e finalmente se libertar de tudo isso, só que as coisas não serão tão fáceis. É isso ai, pronto.

Tenho que dizer que infelizmente essa leitura foi um tanto decepcionante. Eu não estava com tantas expectativas, eu tento me controlar, mas mesmo assim não consegui gostar tanto quanto eu gostei do primeiro. A narrativa ainda é feita em primeira pessoa pela Callie. A trama era boa, eu estava gostando até que rumou para o meio do livro e umas coisas muito sem noção começaram a acontecer, daí eu perdi as esperanças. Repito, uma pena (?).

Começou bem, gostei de ver como a Callie estava se virando depois dos últimos acontecimentos e ainda tendo a dúvida sobre a voz que escutou, que parecia muito a de seu pai. Eu já previa que isso ia acontecer, por falar nisso, não sei se falei na resenha de Starters porque era meio spoiler, mas enfim. As coisas estavam bem. Gostei da Callie cuidando do irmão e estando junto também de Michael na casa da Ender que antes estava em posse do seu corpo. Ela está bem determinada nesse livro a remover o chip da sua cabeça e ajudar outros Metais (que é como eles chamam agora os Starters que venderam-se para a Prime) nessa dura jornada, chegando algumas vezes a ser bem teimosa. Eu a entendo até, também não ia querer esse chip na minha cabeça com um Velho louco e tarado (??) me controlando e falando comigo. No começo também entra um personagem novo para poder dar uma faísca de triângulo amoroso, já que o Blake é claramente descartado logo no começo. Fiquei com dó dele, mas convenhamos que depois que o Velho o usou e descartou não tinha mais graça (?), então acho que foi bom ele não ter aparecido. Enfim, quem entrou para tentar ai dar a ideia de triângulo amoroso foi o Hyden. Ele ajuda Callie e ela fica na dúvida se ele é amigo ou inimigo. Gostei dele, acho que toda a trama dele e da revelação mais para frente foram o que fizeram o livro ser um pouco interessante, pelo menos, a meu ver.

Calma, o Michael ainda está a ativa no livro. Ele nunca me agradou tanto e achei que estava insuportável nesse livro. Não sei, parece que nada que ele fazia me agradava, acho que sou muito chata (?) ou então ele é muito chato. Porém, assumo que ele teve ali sua importância, ajudou a Callie em várias partes, principalmente na busca dela para saber se o pai estava vivo ou não. Ainda assim não gosto dele, preferia mil vezes o Hyden.

O Tyler, irmão da Callie, não apareceu muito, não consigo me lembrar dele (?). O Velho foi uma surpresa pra mim, sério, eu não estava esperando por essa. Só isso valeu no livro. Novamente, uma pena. Teve mais um personagem, mas ai seria muito spoiler e acho melhor não citá-lo.


Resumindo caros leitores: não foi dessa vez, a maldição do segundo livro me atingiu. Uma pena, queria muito ter aproveitado a leitura assim como fiz com a do primeiro livro. Mas assim é a vida. Recomendo, apesar dos pesares, se você quiser ler claro. O primeiro livro é altamente recomendado, só pra reforçar. É isso por hoje, fim.

8 comentários:

Alice Aguiar disse...

que pena, eu adorei esse livro :) é ruim quando a gente não gosta né.

Seguindo o Coelho Branco

Rayra Mirelem disse...

Não li a resenha porque ainda nem li "Starters", mas confesso que já peguei duas vezes o livro anterior e abandonei, não consigo gostar da histórias e nem dos personagens.

Beijos, www.rayramii.com

Amiga da Leitora Thais disse...

Eu tenho esse livro mas ainda não comprei o primeiro da série, por isso até agora não li. Que pena que ele te decepcionou.

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Juliana Kobayashi disse...

oi
Eu também amei total e completamente Starters, tanto que quando Enders ficou em pré-venda eu comprei ele (super caro), mas não sei o que aconteceu que eu desanimei e deixei ele num canto e não li Enders ainda... confesso que depois da rua resenha fiquei mais desanimada ainda kkkk
mas uma hora eu pego pra ler :x

tem postagem nova no meu blog
espero sua visita
bjs

-TÍTULOS DE LIVROS

Desbravadores de Livros disse...

Eu pretendo ler essa série em breve. Meus livros estão para chegar (espero que cheguem logo). rs
Não li a resenha toda, desculpe; fiquei com medo de spoiler. Mas prometo que assim que eu ler a obra, volto aqui e termino de ler a resenha.

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

Sora Seishin disse...

Oi Vanessa!
Ufa, não fui a única! Eu também AMEI Starters e DETESTEI Enders! Que livrinho chato!

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Angela Graziela disse...

A narrativa flui muito bem, ainda mais porque a curiosidade de descobrir toda a verdade vai nos motivando a ler cada vez mais, além de acompanharmos o sofrimento da protagonista e sofrermos junto com ela. Esse foi um livro muito bem escrito e não precisou se prolongar mais para responder todas as nossas perguntas. Gostei bastante e recomendo para quem ama Distopias, assim como eu ;)
Já estou seguindo *~

Beijos
|•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

Janna disse...

Oi Van é uma pena que você não tenha curtido a leitura =/.
Eu ainda não li, mas o Rafa leu e gostou bem mais do primeiro também, mas o segundo ele curtiu, não se decepcionou igual você...espero que suas próximas leituras possam lhe agradar mais.

Beijos!!!
@jannagranado
http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

 
Layout de Giovana Joris