A Namorada do Meu Amigo - Graciela Mayrink.

Título: A Namorada do Meu Amigo.
Autora: Graciela Mayrink.
Editora: Novo Conceito.
Nota: 4/5.

Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você? Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada! (SKOOB)

Estava em busca de um livro que me animasse e acabei com a sugestão desse livro, que foi dada pela Thaila do Felicidade em Livros. Ainda bem que decidi por esse livro, foi uma ótima e surpreendente leitura. Sério, estava precisando de algo realmente bom para mudar o meu humor literário.

O livro fala sobre Cadu. Ele, Beto e Caveira andam juntos desde crianças, tanto que deram o apelido de Os Três Mosqueteiros a eles. Tinha ainda uma menina, a Juliana, mas Cadu e os meninos não gostavam dela e ficaram feliz quando a pobre garotinha teve que mudar de cidade. Eis então que os anos passam e Juliana reaparece, toda linda e namorando o Beto, o melhor amigo dele. Claro que o Cadu fica todo apaixonado quando a vê, mas tenta se controlar devido às circunstâncias (?). Como se isso não fosse problema o bastante, ainda tem Alice, irmã do Beto, que é toda apaixonada por ele. É isso, não achei uma frase de impacto para terminar essa sinopse (?).

Fiquei surpresa por ter gostado tanto assim desse livro, eu geralmente fico cansada desses dramas adolescentes, mas a Graciela soube como conduzir bem a trama, começando pela escolha de fazer o Cadu ser o narrador do livro. Não iria aguentar se fosse uma menina, geralmente essas mocinhas de livros conseguem ser chatas e irritantes, quase como se fosse um dom delas, o que me faz ficar bem irritada. Esse não foi assim, graças. Gostei muito da narração, de toda a trama e até mesmo dos personagens, olha que milagre, pacote completo. Ficava ansiosa para saber o que ia acontecer em cada capítulo e me pegava folheando para pegar algum spoiler sobre algo que eu queria muito saber. Só faço isso, na maioria das vezes, quando a leitura está boa. Então quando acontece é um ponto positivo para o livro.

A única coisa que me desagradou um pouco foi o final. Achei que foi coerente com tudo o que estava se passando na trama e tudo mais, só que não consigo me livrar da sensação de estar esperando por algo a mais. Não foi de todo ruim, mas estava esperando mais. Felizmente isso não conseguiu estragar a bela surpresa que foi essa leitura. Eu li muitos livros em sequência, antes desse, que não foram tão bons, então fico muito feliz quando acabo gostando muito de um, principalmente de um que não esperava gostar tanto.

Adorei o Cadu. Tão gente boa, sempre preocupado com sua amizade com o Beto, mas isso não quer dizer que ele não flertasse com a Juliana. Eu torcia por cenas deles dois juntos e para que as coisas dessem certo para ele no final. Gostei da Ju também, muito decidida e sem fazer muito mimimi. O Beto é legal, só que é um pouco irritadinho delas, principalmente quando estava sendo superprotetor com suas duas irmãs. A Alice foi minha personagem preferida. No início pensei que ela seria uma chata total, mas logo percebi que não seria assim. Ela é total rebelde e não desiste do Cadu, apesar dele viver ignorando as tentativas dela. Ainda tem o Caveira, o outro integrante dos Três Mosqueteiros. Ele era o mais engraçado. Então é isso, pacote completo, como eu falei.


Resumindo: recomendo o livro, claro. Me diverti com ele e fiquei super feliz por ter sido uma leitura super bacana. A autora Graciela Mayrink tem outro livro publicado pela Novo Conceito também, Até eu te Encontrar. É isso galera, nada mais a falar, fim.



11 comentários:

Rízia Castro disse...

Realmente parece ser um daqueles livros bem divertidos!
Adorei a resenha e a dica!
Beijinhos
Rizia - Livroterapias

Hangover at 16 (contato) disse...

Tento evitar o máximo que posso triângulos amorosos, não suporto mais D: maas, se você falou que a autora soube como elaborar bem os personagens e as situações, é um ótimo sinal haha

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
Tem resenha nova de "O Começo de Tudo" no blog, vem conferir!

Caline disse...

Oi Vanessa

Esse livro foi um pouco decepcionante para mim. Fui cheia de expectativas por sempre ler muitos elogios a autora, mas a história deixou a desejar. Não gostei do Cadu e da forma como ele decidiu de uma hora para outra que estava apaixonado pela Juju. O Caveira apesar de divertido era super machista.
Achei a narrativa um pouco corrida também.
Quero ler outros livros da autora e espero encontrar algo completamente diferente.

Beijos
Mundo de Papel

Livy disse...

Oi Van =)

Hehe eu sempre me divirto lendo suas resenhas. Adoro seus comentários. Eu confesso que este livro não tem me chamado muito a atenção, nem me dado muita vontade de ler. Acho que justamente pela temática adolescente e batida, mas estou repensando a ideia. Acho que talvez dê sim uma chance.

Que bom que curtiu o livro. É tão bom ler um livro que realmente nos agrade.

Beijos,
Livy
No Mundo dos Livros

Gabriela Morgante disse...

Oi Vanessa!
Me interessei por esse livro porque a história parece ser bem leve (acho que na verdade é mesmo) e como você comentou na resenha é divertido! Estou no pique para leituras assim, sem falar que a capa é super fofa! :)

Beijos,

Gabi
Mundo Platônico
http://gabiiem.blogspot.com.br

Julia Moraes disse...

Já tinha lido uma resenha desse livro, e desde então estou com vontade de compra-lo. Eu gosto bastante de um romance, e ando curtindo muito livros da literatura nacional, como este, parece que a literatura nacional está crescendo, com novos e ótimos talentos, cada dia mais. Quero muito esse livro kkk

Sil disse...

Gostei bastante da sua resenha e me interessei pelo livro. Ainda não li nada da autora, mas só vejo resenhas positivas sobre os livros dela. Gostei de saber que o livro é narrado por um menino. Não aguento mais esses livros adolescentes na visão das meninas. É bom variar um pouco.

Blog Prefácio

Helana Ohara disse...

Enviei este livro para minha parceira a Tahila, ela gostou bastante dele.
Li Até eu te encontra, gostei bastante

Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Ingrid Sodré disse...

Compartilho a mesma opinião sobre os dramas adolescentes, simplesmente me cansam. Mas pelo jeito, esse aí parece ser bom e divertido, perfeito para passar o tempo, né?

Girlene Viey disse...

Este livro e romantico e com um cereja de comedia pra deixa o livro ainda mais divertido! Quero ler este livro, depois de sua resenha mais ainda!

David Galan disse...

Esse livro está agradando bastante os leitores, fico surpreso que uma história tão clichê consiga agradar, é mérito da autora que fez do limão uma limonada e o grande destaque está nos personagens e nos dilemas de cada um, confesso que não sei o que faria na situação de Beto e Cadu, é bem difícil imaginar, agora só irei entender o porque do final ter sido tão debatido e sido apontado como ponto negativo em todas as resenhas, é uma autora nacional que quero muito conhecer e descobrir com quem Juliana e Alice irão ficar no final.

 
Layout de Giovana Joris