Trocada - Amanda Hocking.

Título: Trocada.
Original: Switched.
Autora: Amanda Hocking.
Editora: Rocco.
Nota: 3/5.

Quando Wendy Everly tinha seis anos, sua mãe foi convencida de que ela era um monstro e tentou matá-la. Onze anos mais tarde, Wendy descobre que sua mãe poderia estar certa. Ela não é a pessoa que ela sempre acreditou ser, e toda a sua vida começa a ser desvendada. Tudo por causa de Finn Holmes. Finn é um cara misterioso e parece estar sempre olhando para ela. Cada encontro deixa Wendy profundamente abalada. Mas não é muito antes de ele revelar a verdade: Wendy é uma changeling que foi trocada ao nascer e ele veio para levá-la de volta para casa. Agora Wendy parte para uma viagem a um mundo que ela nunca soube que existia, um que é ao mesmo tempo belo e assustador. E onde ela deve deixar sua antiga vida para trás para descobrir qual será o seu destino. (SKOOB)

Esse livro foi um dos últimos que li no ano passado todas as resenhas que fiz ultimamente parecem começar com essa frase porque decidi que ele já estava a tempo demais parado na minha estante, isolado, sem ter seu conteúdo lido por alguém. Triste, os outros tiveram que esperar. Uma péssima introdução, só não sabia o que escrever aqui, não deveria ter escrito nada. Vamos à resenha.

O livro conta sobre Wendy, uma garota que quase foi morta pela própria mãe que estava convencida de que a filha tinha matado o seu verdadeiro filho e tomado o lugar dele. Muito tempo se passou e agora ela descobre que talvez sua mãe estivesse certa. Quando um garoto chamado Finn aparece em sua vida, ela descobre que foi trocada no nascimento, ela é uma changeling e ele veio buscá-la para levá-la para casa. Ela então entra nesse mundo mágico que é tão sombrio quanto encantador, porém não sabe se está disposta a deixar sua ainda vida para trás a fim de viver essa nova vida.

Comprei esse livro há tanto tempo e só no final do ano passado consegui ler. Lembro que comprei porque a capa era bem bonita. Enfim, eu gostei do livro, achei a trama diferente e interessante. O que a protagonista é de verdade...é bem estranho, acho que nunca vi isso em um livro e se vi não me lembro. Gostei de como foi apresentado isso e o mundo mágico onde ela pertence, onde sua mãe a está esperando. Quando ela vai para lá e começa a aprender sobre os costumes e tudo mais, a leitura ficou um pouco maçante, parecia que não saia daquilo e me cansei um pouco. Porém, o final foi intrigante e quero saber o que a autora preparou para os dois outros livros da trilogia.

A Wendy teve uma infância bem difícil já que a ‘mãe’ dela tentou matá-la, imagina que coisa mais traumática, não sei como ela não virou uma psicopata. Agora, mais velha, ela tenta se manter longe de confusões, mas parece que não consegue se encaixar na sociedade e sempre acontece alguma coisa envolvendo ela. Acho que a Wendy ficou bem aliviada, depois que o medo e a confusão passaram, quando Finn lhe disse que ela não pertencia aquele mundo. Gostei dela, apesar dos pesares, acho que a personagem ainda tem que se desenvolver mais, porém vejo um futuro promissor para ela (?).

O Finn é todo protetor e misterioso, daqueles que respondem a sua pergunta com outra pergunta. Odeio isso, mas meio que gostei dele até. Tem a mãe verdadeira da Wendy, que é uma mulher poderosa e fria. Não gostei dela, acho que preferia a mãe homicida dela. Olha que péssimo.


Resumindo essa resenha extremamente curta, mas eu não sabia mais o que falar desse livro: apesar de uma coisa ou outra ter me desagradado, eu gostei do livro e foi uma leitura boa, então vou tentar ler os outros dois livros e ver como a trilogia acaba. O segundo livro da trilogia Trylle é Dividida e o terceiro, Iniciada. Todas as capas são lindas, então posso me sentir tentar a comprá-los caso veja em alguma promoção, sei lá, vou pensar sobre o assunto ainda quando começar a pensar em comprar livros (?). É isso, nada mais a declarar, fim.

5 comentários:

Ariane Reis. disse...

Oie Van =)

Tenho essa trilogia em ebook, mas estou querendo terminar algumas series antes de começar a ler ela.

A Cah já leu todos os livros, e acho que lembra levemente a serei A Seleção.

A resenha ficou curtinha, mas ótima como sempre *-*

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary


Dany disse...

Estou com ele aqui pra ler, só não sei quando farei isso porque no momento tem outros que estão na frente.
Beijos.

Felipe Santos disse...

Acho que assim como você eu compraria o livro pela capa, ainda mais porque ela possui um ar tão misterioso. E por falar em misterioso, que declaração foi aquela dizendo que ela é... alguma coisa? Menina, você me deixou curioso. - Felipe (A Hora do Livro).

M Amelia disse...

nossa esse livro deve ser muito legal !
eu adorei a resenha, e estou curiosa pela historia !
amei conhecer aqui ♥

www.blogciliosposticos.com
www.facebook.com/blogciliosposticos

Teca Machado disse...

Oi, Vanessa!
Agora eu estou mega curiosa para saber o que é uma changeling!
Vou ter que ler, hehe.
Parece um livro diferente do que estamos acostumados. Quero ler!
A capa é realmente linda. Eu super pegaria ele na estante da livraria se o encontrasse por aqui.

Beijoooos

www.casosacasoselivros.com

 
Layout de Giovana Joris