Qual seu Número? - Karyn Bosnak.

Título: Qual seu Número?
Original: What’s Your Number.
Autora: Karyn Bosnak.
Editora: Novo Conceito.
Nota: 3/5.
Resenha por: Juliana.

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo. (SKOOB)

Qual o seu número?” conta a história de Delilah Darling que já se relacionou com 19 homens. Quando ela lê uma coluna no jornal que fala sobre a média de idade e de caras com quem as mulheres devem se relacionar, ela fica desesperada por seu número ser o dobro disso. Na tentativa de não aumentar mais seu número de relacionamentos, ela sai á procura dos seus ex-namorados, pensando ser possível achar um deles que ela consiga reconquistar.

 Muito bobinho. É isso o que eu tenho á falar sobre o livro, que vamos discutir hoje. A história é muito enrolada, bem chatinha e eu acabei não gostando do livro. Eu gosto muito de livros que são narrados em 1° pessoa, porque eu consigo entender o que eles estão pensando e não fica tão confuso pra mim, quanto narração na 3° pessoa. Mas eu não gostei dos pensamentos dessa personagem. São muito bobos e fúteis. A autora se importou bastante com o detalhe das coisas e não desenrolou a história do jeito que eu acharia que fosse. Então, é isso, o livro é grande e não vale a pena contém muita coisa interessante, e eu acabei não gostando.

 A história dos namorados da Delilah são bem engraçadas, a forma como ela os conheceu e tudo mais. Tem até uma parte que um dos namorados que ela encontrou gosta de muppets e é super engraçado, ele é o maior doidão. O livro é cheio de detalhes do passado da Delilah, fala sobre a mãe dela também, que pega muito no pé dela pra encontrar logo um namorado, porque ela acredita que a filha vai ficar encalhada pro resto da vida.

 Achei a personagem principal, Delilah um saco. Ela é muito chata, boba e se importa com umas coisas bem tontas. Bem no começo do livro aparece o vizinho dela, o Colin, ele até que é legalzinho, não senti firmeza nele. Ele aparece em poucas partes no livro (o que é compreensível, contando a história do livro). A Delilah tem uma amiga, a Michelle, e ela também é muito chata, contando que ela nem aparece no livro quase, mas eu não gostei. A família da personagem, a Daisy (irmã) e a mãe dela (cujo nome não sei) são horríveis, personagens bem ruins. Os namorados da personagem são um pior que o outro. Odiei todos eles, não fui com a cara de nenhum. Cada um mais inútil que o outro.

 Eu achava que a história ia ser legal, mas não achei nada interessante. Bem bobinho, a letra é grande e o livro é maior ainda. Confesso que pulei alguns parágrafos, porque estava ficando chato e entediante. O livro em si tem um enredo bacana, mas a autora não soube valorizar. Ela se focou muito no pensamento da personagem e acabou esquecendo um pouco a história. Essa foi a minha opinião, mas se vocês leram e gostaram...

 De romance eu não vi quase nenhum, é claro que se eu contar vai ser spoiler por isso vou deixar passar. Mas o romance não me encantou, achei que não teve um romance, se teve com certeza ficou para segunda opção. O livro foi focado na parte mais da procura da Delilah pelos seus namoradinhos. Teve várias partes engraçadas sobre esses namorados. Apesar de ser bobinho, tem uma história divertida. Então se você está sem fazer nada (nada mesmo) recomendo ler o livro, mas se estiver procurando uma leitura mais séria, talvez seja melhor deixar este para depois.


 Não houve trilha sonora alguma. Na verdade teve uma trilha sonora, mas eu não lembro qual era. Por isso, este vai ser o fim da nossa resenha. Tchau.


11 comentários:

Lidiane Andrade disse...

Achou bobo? Ah, eu gostei muito. Achei muito divertido!

Erica Ferro disse...

Gostei da sinceridade, Juliana! (risos)
Eu li esse livro ano passado, se eu não me engano, e não achei fabuloso também. Eu ri, claro, com algumas partes. Delilah é engraçada, mas alguns momentos é fútil e tediosa. Algumas estórias dos namorados são de fato divertidas, mas outras parecem forçadas e fora da realidade.

Boa resenha!

Beijo!

Sacudindo Palavras

lilian alipio disse...

poxa esse era o livro que eu queria ler mas estou vendo que o filme é melhorvou énsar duas vezes anets de tentar ler
http://blogradioactive.blogspot.com.br/

Cida disse...

Tenho bastante vontade de ler este livro, eu vi o filme e dei boas risadas acredito que o livro traga mais cenas engraçadas, embora tenha muitos clichês, deve ser bem bacana.

Bjos!!
Cida
Moonlight Books

Ane Reis disse...

Oie Ju =)

Eu gostei bastante desse livro. Ele é leve, divertido e tem um pingo de romance.

O filme não é aquilo tudo, mas o livro é engraçadinho.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary


Leitora Online disse...

Ah, eu gostei da história! Achei o enredo bem divertido.
Eu recomendo!

Beijos,
Leitora Online

Sofia disse...

Nossa. Curti tua sinceridade.
Li muitos comentários positivos de Qual seu Número? e me parece bem bacana mesmo com sua resenha negativa.

Beijo,
Sofia - Lendo de Tudo

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Faz tempo que não aparecia por aqui...acabei dando uma parada por vários motivos mas agora estou de volta. Vim te

visitar...então sobre sua resenha da para ver que você não gostou nenhum um pouco mesmo do livro...que pena...é ruim quando

isso acontece, eu ainda não li mas tenho ele la em casa quem sabe algum dia eu pego para dar uma olhada. Se quiser dar uma

passadinha la no blog te agradeço o blog ta com a carinha nova, te espero por lá.
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Faz tempo que não aparecia por aqui...acabei dando uma parada por vários motivos mas agora estou de volta. Vim te visitar...então sobre sua resenha da para ver que você não gostou nenhum um pouco mesmo do livro...que pena...é ruim quando isso acontece, eu ainda não li mas tenho ele la em casa quem sabe algum dia eu pego para dar uma olhada. Se quiser dar uma passadinha la no blog te agradeço o blog ta com a carinha nova, te espero por lá.
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com

Livroterapias disse...

Parece ser um daqueles bem divertidos mesmo né?
Não sei se leria, mas...
Beijinhos
Rizia - Livroterapias

Janna disse...

Oi Ju, nossa eu li esse livro faz tempo, acho que foi em 2010/2011, e lembro que quando o li achei super divertido, é um livro no qual você dá muita risada. Que pena que você não curtiu muito.

Beijos!!!

 
Layout de Giovana Joris