Louco Aos Poucos - Libba Bray.

Título: Louco Aos Poucos.
Título original: Going Bovine.
Autora: Libba Bray.
Editora: ID.
Páginas: 591.
Nota: 2 (regular)





Cameron Smith tem 16 anos e foi diagnosticado com a chamada "doença da vaca louca". Ele vai morrer. Um encontro com Dulcie, uma garota-anja-punk, o convence a partir em busca da cura. De quebra, ele terá apenas de salvar o mundo. Como ajudantes, terá Gonzo, um garoto anão neurótico, e Balder, um deus viking aprisionado no corpo de um gnomo de jardim. Junte-se a eles numa viagem repleta de questões profundas - e rasas também - que mostram que a vida não passa de uma jornada psicodélica que vale a pena.




Eu tenho sérios problemas para escrever uma resenha negativa, fico me sentindo culpada depois, mas tenho que dar minha opinião, certo? Louco Aos Poucos já chegou faz tempo aqui em casa, mas como é um livro MUITO grande, estava esperando ter uma semana mais tranquila para conseguir ler rapidamente. Então essa semana foi a escolhida. Queria muito ter gostado do livro, mas não foi o que aconteceu.

A história é muito bacana e super original. Pelo menos eu nunca vi um livro no qual o personagem principal tem a doença da vaca louca e parte numa viagem maluca com seus amigos. Mas acho que ela desenvolveu mal a história. Até o meio do livro as coisas fazem sentido e tem um ritmo bacana. Até o meio do livro, essa resenha seria diferente. Mas depois coisas muito absurdas acontecem e chega num ponto que você não entende mais nada. Talvez ela tenha feito isso de propósito, já que o livro é narrado pelo personagem que tem a doença. Mas eu simplesmente não gostei, não me atraiu. A autora poderia ter escrito coisas melhores e em poucas páginas.

Outra coisa que eu acho que deixou o livro cansativo foi a quantidade de páginas. Eu geralmente não tenho problemas em ler livros grossos, mas quando a história é boa vale a pena. Mas não foi o que aconteceu nesse caso, a quantidade de páginas só deixou ainda mais cansativo. Encontrei também muitos erros de ortografia e de acentuação no livro. Claro, meu português não é exatamente correto e tudo mais, porém o livro passou na mão de várias pessoas até fica pronto. Como nenhuma delas veem? Enfim, acontece.

Minha síndrome de personagens continua! Acho que isso é pra vida inteira, não é possível. Cameron, o doente, é um chato. Eu até gostava dele no começo, ele é divertido em algumas partes, mas depois eu simplesmente não aguentava mais ter que ler o nome dele. Sério! Dulcie, a 'anja' que ele vê, é a mais bacana do livro. Mas ela só aparece em alguns momentos, então isso não conta. Gonzo, o anão, e Balder, o anão de jardim, tem seus momentos engraçados. Mas nada me atraiu neles.

Então é isso, não gostei do livro, mas não se pode gostar de tudo, né? Louco Aos Poucos foi lançado pela Editora ID, que é uma das parceiras aqui do blog.

41 comentários:

Nathália Risso disse...

Oi Van!
Realmente é muito ruim ter que escrever uma resenha negativa, mas como você disse a gente não gosta de tudo né!
Eu tinha me interessado nesse livro, afinal ele apresenta uma temática diferente, mas já li resenhas, e as críticas não sou muito boas, então perdi a vontade :S
É chato quando você gosta de uma parte do livro e depois a história desanda :S Ainda mais quando há erros ortográficos!
Mas ainda quero ler, só que não agora!
Parabéns pela resenha!
Obrigada pela visita e pelo comentário!
Tem post novo no blog: Na Caixinha do Correio #7 Passa lá :)
Tá rolando promoção de "Uma Proposta Irrecuável", livro + marcador -> http://migre.me/4wwLm
Participe!
Beijos, Nath
@brgnat
Books In Wonderland - http://booksinwonderland.blogspot.com

Rachel Lima disse...

Que dó, este livro tem uma cara de bom[?]. E sim, sua síndrome de personagens será para sempre, forever and always. A história parece até divertida, o tamanho do livro também me assustou, não tem cara de livro grande. Aloks, eu e minhas caras. Vou tomar cuidado se for ler este, pegarei emprestado de alguém, ho. Mas a capa é linda, de qualquer forma. :*

jenniferdlegal disse...

Que pena, eu realmente pensava que era um bom livro!
:(

Mii disse...

eu adorei a capa desse livro. Mas, já ouvi diversas criticas negativas.

É uma pena mesmo...

Mas, gostei da resenha Van!

Beeijos

ʆɛtíciɑ iɑucɦ รwiԲt disse...

Ei Van!

Livros grandes demais estão me deixando com o pé atrás ultimamente. Tudo bem que o último que eu li que era enorme, foi muito muito bom (Menina de Vinte). Mas quantidade de página normalmente é quantidade de enrolação - ou, nesse caso, de loucura.
No início tive vontade de ler esse livro, mas depois que vi o tamanho dele...não. E depois dessa resenha, muito menos rs
Adorei a sinceridade :)

Bjoos'
Lee Iauch.

Mari ♥ disse...

Ah eu li esse livro e acheii super legal! Tipo, esse final que vc flo que tudo fica bagunçado, eu acho que isso que deu um gostinho a mais de vc querer saber oq ia aconteceeeer.. sabe? E o final foi mais do surpreendente.. eu achei ele ótimo! Mas nós devemos ter gostos diferentes Hshuahasuhasuhas mas o seu ponto de vista ficou mto bem posicionado ;D

Beijos

Mariana Patrício Melo disse...

Ah, eu também não gosto de fazer resenha negativa. Mas acho que isso é bom pra alertar o pessoal. haha

Você falou tanto na quantidade páginas que quero saber quantas páginas tinham, você não falou. ._.

E nossa, esa história dever ser muito maluca mesmo, esse negócio de gnomo de jardim é demais pra mim. haha

E isso de erros de revisão também me dão nos nervos! Se a gente que lê uma vez já percebe, eles deveriam ver com certeza!

Ah, falei demais. haha
Mas obrigada pela dica. :)

Mari

Mônica B. disse...

Nota 2 de 5?
Ixi... ahahha
Não gosto muito de ler resenhas e sinopses, com medo de ter spoilers. Por isso só dou uma olhada meio por cima, mas acho que a história também não vá me cativar.

A Arte De Viver... disse...

Nossa, ainda bem que você fez essa resenha, então! hihi
Eu tava doida por uma segunda opinião do livro antes de comprar...
Amei a resenha, então *--*
Beijos

Ana Ferreira disse...

Vanessa,
Sou apaixonada pela trilogia Gemma Doyle, que também é da Libba Bray, e quando fiquei sabendo de Louco Aos Poucos, logo quis conhecer um pouco mais da autora.
Mas confesso, não custou muito até que eu mudasse de ideia. Essa não foi a primeira resenha negativa que li. Quero dizer, o livro é uma bagunça só. Deve ser chato demais heiuehiuehieu
Mas você está certa por prezar pela sinceridade. Não se culpe por isso.

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Carol D. disse...

Eu também não gostei do personagem... Tanto que abandonei o livro, não sei, não me desceu a narrativa.. kkk
bjs

Bruna M. Silva disse...

É a segunda resenha que leio deste livro e a primeira negativa... mas bah esse esquema de tipo ficar arrastando a história é chato mesmo... =/


Bem legal sua resenha! Beijoss

Marina Oliveira disse...

A história parece ser muito interessante e orginal... Pena que não foi bem aproveitada, como você disse.
Odeio quando isso acontece. ¬¬'
Histórias que podiam ter virado um livro tão bacana estragadas... uashsausah.
Beeeijos

Marina - http://distribuindosonhos.blogspot.com

Evellyn disse...

Ai VAn!!
Não acredito que vc não gostou! Huahuah Eu ainda não li, mas andava lendo resenhas positivas e eu to curiosa! Parece mesmo interessante ^-
Uhaua então quer dizer que ate o meio é bacana depois vira loucura demais?
Sobre os erros, infelizmente, eles já se tornaram comuns nos livros da iD
Não perca a esperança Van, vai passar essa sindrome... eu queria te recomendar algum livro, mas não sei qual -ja que essa S ta forme mesmo...

E so agora me liguei que essa é a mesma autora de belezas perigosas? rs

bjss
hey Evellyn

João Paulo disse...

Ainda quero ler, mas acho que vou ler na versão em inglês...só li um livro da editora, mas os erros de edição são muitos.

J.
-The Eater of Books

*anaa* disse...

Já tinha visto na livraria e pensei ser realmente grande ("tem tanta história assim?") A temática é mesmo bem diferente, e que pena que você não gostou, acho que eu também não ia gostar, não faz muito meu estilo, afinal.
É mesmo ruim fazer uma resenha negativa, mas é preciso expressar sua opinião sincera.
Bjs

Mariana disse...

Eu sinceramente não me interessei por esse livro. Achei meio estranho a doença da personagem confesso AHSUAHSUAHSU E depois da sua resenha não me animou nem um pouco ler esse livro. Obrigada pela resenha, beeijos!

Carissinha disse...

Não é legal mesmo ter que escrever algo negativo sobre um livro, mas se você não gostou, não podia mentir.

Só pela sinopse o livro não me atraiu, depois da resenha... Melhor não comentar.

Beijos!!

Arte Around The World

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Bom dia, Vanessa!

Eu já vi gente falando bem desse livro, mas confesso que ele não me convenceu. Há tempos eu li a sinopse e nunca me interessei por esse livro. Apesar de a história ser original, não acho muito criativa. É um livro que não passará pela minha estante.. rs.

Beijinhos!

Mariana Ribeiro disse...

Olá, Vanessa!
Talvez tenha sido essa a intenção da autora. Fazer com que o leitor perceba a evolução da doença do protagonista como o próprio título sugere, né? Essa "loucura" pode até ser justificada, mas se o livro tem uma narrativa cansativa acho que nem vale a pena ser lido.
Eu tinha visto até resenhas super positivas, e acho que a sua foi a primeira com um ponto de vista diferente rs. Mas, concordo que você deve ser sincera na sua opinião sempre!
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Sora Seishin disse...

Oi Vanessa!
Eu também não desanimo com a quantidade de páginas, afinal, se o livro for bom, elas passam rapidinho.
Mas pelo jeito esse não foi uma boa leitura!
Beijos

Nanda disse...

Ei Vanessa,

Eu quase comprei este livro quando lançou, bom que esperei um pouco, pq pela resenha não fiquei com mais nenhuma vontade de ler.

Uma pena, a capa é bem legal e pensei q era outra coisa a história, mas não da mesmo para gostar de tudo.

bjo

Luciana Mara disse...

Ei Vanessa!

Definitivamente não quero mais ler este livro. Eu tinha até colocado no skoob, mas desisti.

Parece meio sem noção, né?!
E eu tinha gostado tanto da capa =/

Mas fazer o que, né?!
Bom que é menos 1 para comprar =P

Bjins

Carolina Araújo, disse...

Nossa, eu também ouvi falar que esse livro é meio confuso. Eu não sei o porque, mas toda resenha 'negativa' me atrai, e me dá vontade de ler o livro! Pra saber se eu concordo ou não... Enfim, assim que eu voltar com o blog, espero le-lo! :D Beijos,

C. Araújo.

Lari disse...

ah, aconteceu a mesma coisa comigo com "Eragon".
Muuuito grosso e muuito chato! rs
aí não dá né?
amei a resenha!
beijos

Karine Marinho disse...

Me irritam muito livros assim! Acho que não tem mais nenhum livro da iD que me interesse, acho que os que me interessaram no começo não tiveram criticas muito positivas. :/
Beijos,K.
Girl Spoiled

Leeh M. disse...

Responde o meme "Esse blog é um charme" ? Indiquei seu blog.

http://pensamentosdegarotasincomuns.blogspot.com/2011/05/esse-blog-e-um-charme.html

Thanks!

beijão!

Emoções em páginas disse...

Nossa me desanimei agora, queria tanto ler ele!!
Mas ainda quero, só não vai ser tão cedo...
Escrever resenha negativa é ruim mesmo, tenho que fazer uma resenha negativa e nem sei muito o que falar.
kkk da dó de só falar mal de um livro
Beijos

Nathália Risso disse...

Oi Van!
Obrigada pela visita e pelo comentário!
Tem post novo no blog: Resenha - Um Amor Para Recordar. Passa lá :)
Tá rolando promoção de "Uma Proposta Irrecusável", livro + marcador -> http://migre.me/4wwLm
Participe!
Beijos, Nath
@brgnat
Books In Wonderland - http://booksinwonderland.blogspot.com

­Nanda disse...

Oiii!
Nossa, sério que você não gostou? :x Li uma resenha tÃo positiva dele um tempo atrás, fiquei morrendo de vontade de ler, agora fiquei meio pé atrás >< rs. Poxa, tava tÃo animada pra ler ele, so num comprei até agora porque tá meio carinho :(

Beeeeijos! Nanda
www.julguepelacapa.blogspot.com

Luana Farias disse...

Primeira resenha negativa sobre o livro que vi, td mundo diz que ele é grande e um pouco cansativo mas, ninguém falou sobre erros ortográficos, eu odeio quando acontece isso é hiper chato.

Bjs

Rodrigo Pereira disse...

O que mais me chamou atenção foi a capa, pensei que seria uma história legal e divertida.. mas depois da sua resenha já fiquei desanimado, não curto livros cansativos e acabo abandonando sempre.

Nana disse...

Oie Van!
Essa resenha foi a primeira negativa que li sobre o livro haha, mas sei lá mesmo a positiva que li nunca curti muito tema não. =/

Somos parecidas tenho problemas para escrever resenhas negativas...é bem chatinho mesmo!

Quero ver Padre tb :(

beijos e boa quarta

Nana
Obsession Valley.

Lidiane Andrade disse...

Como eu quero ler esse livro, porém é muuuuito grosso e desanima um pouco pra ler. huahauhua
Fico triste que não tenha gostado, mais eu ainda vou ler depois.

Regiane Cristina S. disse...

Hum eu tenho vontade de ler esse livro, pois vi umas resenhas positivas, além disso a sinopse me chamou a atenção.

Eu também acho que pode ter sido proposital essa coisa do livro ficar totalmente sem sentido a partir da metade. E pelo personagem sofrer dessa doença e ser narrado por ele, só dá para ter a sua visão, e se caso já estava totalmente fora de si, é bem possível mesmo que a autora tenha deixado as coisas bem surreais e até um tanto confusa. Parece que essa tal doença é algo meio de uma pessoa esquizofrenica. Nesse caso, acho que a autora deveria ter feito o livro com narração em terceira pessoa, para que o leitor entendesse melhor a situação.

Enfim, fico feliz de ler uma resenha contrária da maioria a respeito desse livro, então vou ler só mais para frente mesmo.

Beijinhos

Ler e Almejar

Lu disse...

ei Vanessa, gostei da resenha. =)
Confesso que o que me atrai para esse livro é o jeito doido que ele parece ser.
vou ter que ler viu? se não não sossego, kkk.

beijos.

Raphaela disse...

Hum.. eu nao tenho vontade de ler o livro, nao pela sua resenha, mas pq eu nao me senti "atraida" hahaha

Agora, em relaçao a se sentir mal, eu tbm me sinto hahahaa
Por exemplo, eu nao gostei de sussurro - só eu no mundo inteiro, eu acho! risos - e nem fiz a resenha hahaha

Beeijocas
Rapha - Doce Encanto

book disse...

Nhaa, esse livro nunca me atraiu :/ e agora menos ainda HAHAHAHA XD
Só acho a capa dele legal, mas a história, só pela sinopse, achei muito viajada pra poder dar certo... :( Enfim, que pena que você não gostou, tomara que suas próximas leituras sejam melhores :D
Beijoca!

Dyana Colares disse...

Eu acho essa história muuito interessante, porque nunca vi ninguém abordar um tema tão sério quanto a doença da vaca louca. :x muito legal ;)

bjs
www.booksemporium.blogspot.com

Vicky Doretto disse...

Eu acho que a ideia do livro é interessante... mas como ainda não li, não posso falar muita coisa... (:

BJão =^.^=

Jéssica Campos disse...

Nossa fiquei triste de ler essa resenha. Tava louca pra ler o livro =/. Mesmo assim acho que vale a pena tentar, vai que eu goste né?

www.frozenlivros.blogspot.com

 
Layout de Giovana Joris