Seis Anos Depois - Harlan Coben.

Título: Seis Anos Depois.
Original: Six Years.
Autor: Harlan Coben.
Editora: Arqueiro.
Nota: 4,5/5.

Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas. E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la. Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa... durante seis anos. Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa. Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada. Em Seis Anos Depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde. (SKOOB)

Apesar de gostar muito do gênero de suspense e desse autor escrever livros assim, eu só tinha lido um livro do Harlan Coben, Cilada. Esse então foi o segundo e esperava gostar mais do que gostei do outro. De fato gostei, esse livro me surpreendeu e agora entendo o porque de tantos elogios a ele.

O livro conta sobre Jake Fisher, um simpático rapaz que conhece uma moça, Natalie Avery, no verão. Os dois logo se apaixonam, obviamente senão não teria muita história pra contar. Eles se conheceram num retiro, ela estava em um para artistas e ele, para escritores. Tudo estava lindo na vida deles, então Jake ficou sem entender quando Natalie terminou com ele e disse que iria se casar com um ex-namorado, Todd. Oi? Pois é. Ele vai ao casamento ainda, olha o sofrimento, e a moça ainda pede que ele se afaste, que não volte a procurá-la, fez o cara prometer. Que ingrata. Enfim, apesar de estar com o coração partido, ele continua sua vida como professor de uma universidade e mantém a sua promessa, durante seis anos. Jake acaba por ver uma notícia de obituário sobre Todd e resolve procurar Natalie, ver com ela estar, talvez dar um ombro pra coitada chorar. Só que durante o velório o cara descobre que a viúva do Todd não é Natalie, na verdade ninguém a conhece, e ele logo percebe que o casamento dos dois foi uma farsa. Mas por quê? Onde estaria Natalie agora? Então ele decidiu que vai a procura dela, enfrentando todos os perigos pela frente e correndo sério risco de morrer pelo caminho. A força da paixão meus caros, lindo.

Eu não estava esperando muita coisa, achei que seria mais um suspense, coisa normal, nunca fico esperançosa com livros que todos estão elogiando. Eis então que fui surpreendida por uma trama bem escrita e montada, com descobertas novas e intrigantes a cada capítulo. Sério, que isso gente. Adorei. Ok, talvez eu já tivesse ligado alguns pontos logo no começou, sou muito Sherlock Holmes só que não, entretanto o autor conseguiu me prender na trama, surpreendente. Desculpa, eu fico feliz quando gosto muito de um livro, é difícil isso acontecer! Enfim, o livro é narrado em primeira pessoa pelo Jake, esse pobre homem tão apaixonado por essa mulher que o largou que enfrenta tudo e todos. Se você encontrar um cara que faça por você tudo o que ele fez pela Natalie, case querida, imediatamente, não desperdiça essa chance. A trama é bem feita e, apesar de já ter imaginado os motivos da fuga dela, tem surpresas novas a todo instante. Eu não sei como esse cara não ficou louco depois de tudo o que ele acreditava ter sido virado do avesso, deixando ele sem saber no que acreditar. Fiquei com dó dele, mas o cara é incrível e foi com tudo pra descobrir o que estavam escondendo dele, mesmo que isso possa matá-lo.

Esse ritmo eletrizante do livro conseguiu me prender e em dois dias já tinha terminado o livro. O fato de ele ser fininho também ajuda nesse quesito, assumo. Os capítulos são razoavelmente curtos, mas mesmo que fosse grande, eu iria ler um atrás do outro já que eles sempre acabam com uma descoberta e você fica tipo ‘o que? Como assim? Que isso?’. Sério. Em alguns momentos eu fiquei um pouco entediada, quando o ritmo diminuiu um pouco, porém isso não conseguiu estragar nada. O que deixou a desejar foi o final. Achei digno, claro, só que estava esperando outra coisa, não sei, cobro demais dos pobres livros. Tirando isso, o resto foi muito bom mesmo. Toda a trama, como começa pequena e depois vai tomando proporções gigantescas. Às vezes o autor pode se atrapalhar quando cria algo assim, que vai crescendo aos poucos, pode se enrolar com tantos fios soltos, mas eu acho que o Harlan Coben conseguiu interligar tudo de uma maneira boa e me deixou feliz. Gostei. Releria esse livro, sério.

Personagens foram muito bem construídas, eu não sabia em quem confiar, ficava ansiosa cada vez que o Jake resolvia ir atrás da pista que alguém deu a ele. Ele é muito apaixonado gente, acho que nunca vi um personagem tão apaixonado como ele. Quando descobriu que foi enganado pela Natalie, ao invés de ficar raivoso, ele ficou é confuso e quis saber o que tinha acontecido com ela, porque fugiu daquele jeito e o fez acreditar que tinha se casado/apaixonado por outro cara. Mesmo sabendo que as conseqüências poderiam ser trágicas, ele não ligou, tudo o que queria era saber como a Natalie estava e tirar ela de perigo. Lindo. Ele vai viajando com seu carro, indo procurar todo mundo que ela conhecia e levando muita surra. Fiquei com dó dele em várias partes, ele sempre machucava a cabeça, já estava ficando desconfiada da narração dele, mas deu tudo certo, na medida do possível. A Natalie, a razão para esse livro existir, eu diria, aparece no começo do livro e durante as lembranças dele durante a trama. Não dá pra dizer muito sobre ela, já que é um enigma tão grande e não vou falar muita coisa para não revelar spoilers.

Incrível. Eu não sei mais o que falar. Tem outros personagens também, que vão aparecendo durante a trama, revelando seus segredos e sua importância, então não falarei sobre eles. Mas todos são bem desenvolvidos, cada um com sua contribuição para a causa do Jake, mesmo que de uma maneira negativa.


Resumindo: espero ter conseguido mostrar nessa resenha o quanto eu gostei desse livro, de verdade. É muito genioso, não espere mesmo seis anos para lê-lo, como diz o selo na capa do livro. Não dei cinco estrelinhas por causa de uns defeitinhos muito bobos, mas eu sou assim mesmo, não se espantem, o livro é ótimo. Super recomendo, leiam, leiam. É isso por hoje, fim.

7 comentários:

Dudi Kobayashi disse...

oi ;)))
Ai, eu sou uma super fã do Harlan, mas só li três livros dele, tenho mais três na estante esperando. Não li esse nem cilada, mas como todo o trabalho do Harlan estou ansiosa para ter a oportunidade de ler!
Fico feliz que você também tenha gostado do autor e se surpreendido! Eu as vezes pego algumas coisas do mistério, mas não é sempre. Recomendo dele Desaparecidos, eu achei que estava entendendo tudo e o final foi MTO surpreendente!

tem postagem nova no meu blog!
espero você por lá!
bjinhus
Hey Dudi!

Jessie♡ disse...

Já li imensas resenhas desse livro e fio cada vez com mais vontade de ler. Quero muito que seja lançado cá em Portugal :)

Beijo
www.fofocas-literarias.blogspot.pt
Se também gostar de um pouco de moda/beleza, eu criei um novo canal e adorava que pudesse visitar.
www.blogiamjessie.blogspot.pt

Caline disse...

Oi Vanessa

Já li dois outros livros do Harlan e ele é realmente fantástico ao criar tramas bem elaboradas e cheias de mistérios.
Nos dois caso eu descobri antes do final qual o segredo, mas isso se deve ao fato de já te lido tantos livros do gênero.
Todo mundo está elogiando bastante esse livro e eu espero poder ler em breve.

Beijos
Mundo de Papel

Gabrielly Marques disse...

Nunca li nada do Coben mas fiquei muito curiosa depois da sua resenha!!! AMO Thriller policial e esse parece ser ótimo!
Beijos <3
http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

Vanessa Vieira disse...

Gostei da resenha Vanessa. Ainda não li nada do Harlan Coben e esse livro me pareceu ser bem interessante. Beijo!

www.newsnessa.com

Luiza disse...

Acredita que eu nunca li nada do autor, só vejo ótimas resenhas!!! Quero ler.
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Introducing you a book disse...

Sabe que já vi esse livro várias vezes, mas nunca fiquei curiosa em saber sobre que o ele tratava?! Que coisa... agora vejo que grande leitura ele promete e fiquei instigada! Que bom q gostou e já anotei o título... estou precisando de leituras com esses ritmos eletrizantes ;)
Beijos
Débora
Introducing you a Book

 
Layout de Giovana Joris