O Último Olimpiano (Percy Jackson e Os Olimpianos #5) - Rick Riordan.

Título: O Último Olimpiano.
Original: The Last Olympian.
Autor: Rick Riordan.
Editora: Intrínseca.
Nota: 5/5
Resenha por: Juliana (a irmã)

Os meios-sangues passaram o ano inteiro preparando-se para a batalha contra os Titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une à causa confere mais força ao vingativo titã. Enquanto os Olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo. Nesse quinto e último livro da série, o combate se acirra e o mundo que conhecemos está prestes a ser destruído. O destino da civilização está nas mãos do semideus anunciado na antiga profecia, e Percy está perto de completar dezesseis anos – a dúvida é: o herói será ou não capaz de tomar a decisão correta? (SKOOB)

NOTA DA VANESSA: Então minha gente, deixa eu me intrometer aqui na resenha da Juliana, aproveitando que ela não gosta muito de fazer essas introduções básicas que eu sempre faço. Já tem uma resenha de O Último Olimpiano aqui no blog, que foi dupla, junto com o quarto livro da série, mas essa é da Ju, claro, mostrando o que ela achou do livro. Óbvio, não sei porque estou escrevendo isso, enfim, que comece a resenha.

ATENÇÃO! Essa resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série Percy Jackson e os Olimpianos.

No último livro da série, Percy Jackson e seus amigos, enfrentam a mais temida profecia de quando ele completar 16 anos. Manhattan está sendo destruída e a batalha contra os titãs acaba de começar.

O último livro de PJ é simplesmente demais, gostei bastante da série inteira. Uma história excelente e que tem jus ao conhecimento literário que tem. O enredo do livro se desenrola todo na luta de Percy para ajudar a sua cidade e lutar com seu grande inimigo Cronos. Muitas divergências acontecem e é exatamente isso que deixa a trama ainda melhor. Teve algumas mortes inesperadas, estou me recuperando aos poucos, mas ninguém precisa saber, então sorrio.

Adorei todas as partes de ação, apesar de quase todas me deixarem confusas, dracaenaes esmagadas e muito fogo grego rolando. Ai amo. Os personagens bem humorados até no fim do mundo. Amo os deuses que estão sempre de bem com uns os outros e principalmente os semideuses haha não. Quanto aos personagens em geral: Percy sempre arrasando e quebrando corações por onde passa e claro sendo o superhero da geração. Annabeth sempre cabeça dura, mas muito esperta. Odeio ela. Grover apareceu super pouco nesse livro, apesar de ser um dos meus queridinhos da série, mesmo sabendo que ele não faz quase nada. Choramos, oh, irmãos. Luke sempre vai ser o meu preferidão, o melhor, o rei do mundo. Amo ele, apesar de saber que ele é um bobão, mas meu amor por ele é imenso.

Queria também, chamar a atenção, de uma personagem super importante que ninguém nunca se lembra dela, Calipso. Tenho uma dó da coitadinha (se você leu o 4° livro irá entender). Até imaginei a musica bem sofrida pra ela. Dionísio também, super amável e errando os nomes a toda hora, amigo verdadeiro e sincero. O melhor de todos eles. E por falar nisso, tenho muitos momentos engraçados do deus para compartilhar com vocês.

“- Você precisa salvar o Olimpo, Pedro!”
“[...] você está estragando o meu jogo, Jorgenson!”
- A verdade, Pierre, é...”

Está óbvio que o romance não é o tema principal, mas em algumas partes o PJ da umas 'dicas' pra Annabeth, pra ela sacar o que está acontecendo, e é bem engraçado. Adorei aqueles dois, apesar de serem uns trapalhões.


A trilha sonora não podia ser melhor. Pensei no disco inteiro do The Killers, Battle Born. Nada melhor, né? Até o nome já diz que foi feito para Percy Jackson. Em algumas partes, foram sofridas, porque enquanto eu lia tocava “Big Girls Don’t Cry” da Fergie, me senti um pouco desconfortável, mas passou. Espero que tenham gostado! Ta, tchau.



6 comentários:

Hangover at 16 (contato) disse...

Sabia que eu nem lembrava direito da história? Faz tanto tempo que li a série que maior parte das coisas já esqueci hahaha mas adorei sua resenha, ajudou bastante a relembrar o quão incrível é essa série! Leia a série depois dessa, dos Heróis do Olimpo, é tão boa quaanto essa! *-*

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
Tem resenha nova de Divergente, vem conferir!

Karine Marinho disse...

Adorei a resenha. Confesso que li esses livros há tanto tempo que os detalhes já fugiram da minha mente. Como a Calipso e porque eu tenho que ter dó dela hahahaha.
Estou lendo aquela nova série que nada mais é do que uma continuação dessa com novos personagens, porém não achei que ela começou tão bem como PJ e As Crônicas dos Kanes. Mas vamos ver o que vai dá.
Não sou muito de pensar em músicas que combinam com o livro por motivos de conhecer poucas músicas (úteis pelo menos), mas vou procurar ouvir essa do The Killers.
Beijos,K.
Girl Spoiled
http://girlspoiled.blogspot.com.br/

Glaucea Vaccari disse...

Eu li essa série faz um tempo já e gostei, mas já não lembro muito bem das coisas que acontecem.
Fui lendo a resenha e pensando "é mesmo, tem isso", tipo relembrando haha. PReciso reler.
Bjo

Luiza disse...

Eu não li nenhum livro do autor, mas com certeza vou ler RSR
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Princess Teens disse...

Minha resenha o/ hahaha

Beijos, Juliana.
http://bloggirlpop.blogspot.com.br/

Thiago Margarida disse...

Nossa, eu to com bastante vontade de ler Percy Jackson, de tanto de falam bem. Minha mãe até tem todos os livros, mas a minha fila tá muito grande =/
Mas acho que esse ano ainda consigo ler ele.

Beijos,
Thiago - Blog GentleGeek

 
Layout de Giovana Joris