[ALEATÓRIO] Falando sobre Séries - Under the Dome.


Aqui estou eu, com mais um post sobre série de TV. A escolhida da vez foi a série Under the Dome, inspirada no livro homônimo do autor Stephen King. Eu li o livro no ano passado, só que não fiz resenha porque não sabia o que escrever sobre ele, mas eu realmente gostei, então achei digno fazer um post sobre a série, já que a segunda temporada estreou aqui no Brasil recentemente. ‘Bora lá?


Divulgação

O que é?
Uma série de TV, obviamente. Under the Dome é baseada no livro no Stephen King, que também é um dos produtores executivos da série junto com diversas outras pessoas, sendo uma delas Steven Spielberg. A primeira temporada estreou no dia 22 de Junho de 2013 pela CBS, onde passa a série lá nos Estados Unidos e a segunda, 30 de Julho. Aqui no Brasil, a TNT é o canal da TV paga que transmite a série e a segunda temporada começou no dia 28 de Julho.

Fala sobre o que?
Bom, a série trás a fictícia cidade de Chester’s Mill, que em um belo dia se torna cercada por um domo gigante que não permite a entrada ou saída das pessoas que estão lá. Não se sabe como isso surgiu e nem da onde possa ter vindo, só sabe que está lá e agora as pessoas terão que viver nesse ambiente fechado, sem TV, internet e com recursos limitados. Tenso.

Personagens?
Os principais são um grupo muito seleto. Algumas outras pessoas são introduzidas durante a temporada e que podem ou não sair rapidamente, então não vou comentar sobre elas. A primeira vez que ouvi o nome Barbie na série eu ri, juro. Pensei que tinha escutado errado, mas a minha irmã e minha mãe (que assistem a série junto comigo) também escutaram o mesmo, então ri mais ainda. O nome dele na verdade é Dale Barbara, mas todo mundo chama ele de Barbie, um apelido gentil. Ele estava na cidade só de passagem e estava quase conseguindo fugir dela, daí o domo apareceu e cortou a vaca no meio (cena que eles mostram a todo começo de episódio para recapitular, creio eu, eles gostam dessa cena, eu também). A Julia é uma jornalista e você pode lembrar da atriz, Rachelle Lefevre, como uma das vampiras de Crepúsculo. Adoro ela, só pra comentar. Enfim, na série ela é uma das principais, tentando a fundo resolver as questões da cidade agora em caos e sobreviver. E por último, mas não menos importante, tem o Big Jim, que é o líder do povo, todo mundo adora ele e o cara é o maior pilantra malvado. Ainda tem outros personagens, como a Andie e o irmão dela, o Junior (que é filho do Big Jim) e afins, mas acho que dos três principais eu já falei, então tudo certo.


Divulgação

Série ou livro: qual o melhor?
Eu tenho separar uma coisa da outra, pensar que quando um livro é adaptado, seja para a TV ou para o cinema, mudanças vão ser feitas e isso pode deixá-lo totalmente diferente do livro. Algumas vezes eu não consigo aceitar isso muito bem, mas felizmente com Under The Dome foi diferente. Eu comecei a assistir a série antes e depois li o livro. É bem diferente, diria que chega um ponto em que apenas os nomes de alguns personagens da série são iguais aos do livro, porém isso não chega a ser uma coisa ruim – pelo menos não pra mim. No livro, todo o lance da redoma acontece muito rápido, ela fica na cidade poucos dias e toda a trama é mais focada nas pessoas e nas suas ações, como elas lidam com isso. A redoma fica praticamente em segundo plano, digamos assim. Já na série, eu até diria que o domo é o personagem principal e tudo gira em torno dele. Acontece coisas que são provocadas pela redoma, tem todo um mistério sobrenatural em cima disso e as pessoas estão sempre a sofrer com o que a redoma lhes impõe. Sim, também tem o foque nos personagens, em como eles lidam com toda essa situação inusitada, mas a redoma é mais importante. A trama do seriado é mais dinâmica, tem ações acontecendo o tempo todo e tem mais romances, claro. A trama de alguns personagens foi modificada, alguns que aparecem no livro não foram mostrados (ainda, vai que eles aparecem) no seriado. Não que isso tenha sido ruim, já que tem umas pessoas no livro que são a maldade em pessoa e ficaria feliz se eles não aparecessem na série, obrigada. Resumindo, a série é mais agitada enquanto o livro caminha em passos lentos. Ambos têm suas qualidades e defeitos, mas gosto mais do livro, assumo. A série ainda não me conquistou por completo.

Nomes?
O livro foi traduzido como Sob a Redoma, já que o original é Under the Dome, assim como o nome da série. No Brasil tem duas traduções engraçadas para a série. Na TNT, aparece o nome da série original, mas eles dizem O Domo na tradução quando o episódio começa (pelo menos os episódios dublados que eu assisti). É engraçado. Quando passou a primeira temporada nas madrugadas de um canal aberto aqui no Brasil, o nome era Prisão Invisível.

Observações?
Só uma na verdade. No primeiro episódio da segunda temporada, o King aparece sentado tomando um cafezinho. Olha só! Eu já sabia disso, então quando assisti o episódio fiquei a procura dele e o achei. Enfim, só uma observação curiosa.

Divulgação

O que eu acho?
Eu gosto da série, como já disse, apesar de achar que tem alguns defeitinhos básicos. A primeira temporada foi razoavelmente boa, mas no final eu já estava cansando dela. Juro e olha que só tem 13 episódios. Mas eu gosto da redoma, então quero saber o que vai acontecer. A segunda temporada começou bem, introduziu alguns personagens novos, alguns antigos foram dessa pra melhor e agora vou esperar pra ver no que vai dar. Espero que venham coisas boas por ai, veremos.

Resumindo: Quando passa?
A segunda temporada da série começou no dia 28 de Julho na TNT e contou com dois episódios já na estréia, que lindo. Os episódios novos passam toda segunda às 22:30 e tem algumas reprises, como na terça à tarde. É isso por hoje, espero que tenham gostado do post falando sobre essa série e ainda de quebra aproveitei para falar sobre o livro, só, me contem o que acham da série ou do livro, fim.

6 comentários:

Natália Bianchin disse...

Já ouvi muito dessa série, inclusive um professor da faculdade me indicou. Eu tenho bastante curiosidade! Adorei ler seu post!

Beijos e bom final de semana
Nati

www.meninadelivro.com.br

Dudi Kobayashi disse...

Oi,
eu comecei a ler o livro no começo do ano mas parei (mas não desisti da leitura, pretendo voltar). Eu também ri um monte quando vi o nome Barbie pela primeira vez :p
Eu estou baixando a temporada inteira para ver de uma vez (mais de 20G e com a lentidão da minha internet vai demorar um pouco ainda para ver). Mas estou receosa depois que um amigo fez um comentário que vc tmb fez, são poucos episódios mas cansa...
Eu não sabia que o Stephen King iria aparecer na série, vou procurar ele também xD

tem postagem nova no meu blog
bjinhus

Hey Dudi!

Gih Pinheiro disse...

Estava meio receosa quanto a essa série, ela tem muitos atores que gosto e até um enredo interessante, mas sempre fico com um pé atrás, mas acho que darei um chance depois desse post ^^
Beijos

http://gkastmaker.blogspot.com.br/

Rayra Mirelem disse...

Eu comecei a assistir a série logo depois que ela estreou, confesso que a primeira temporada não me agradou 100%, principalmente por ser uma série bem diferente das que eu costumo assistir, porém essa segunda temporada está me agradando bem mais :)

Ainda não li o livro, mas estou bastante curiosa :)

Beijos, www.rayramii.com

Anna Gabby disse...

Ei, Vanessa!
Estou pensando em começar Under the Dome, mais para o final do ano, porque agora com a faculdade fica difícil :/
Letras & Versos

Thiago Margarida disse...

Eu estou bem curioso sobre esta série. Ótimo ler uma resenha!
Como você mesmo disse, em adaptações sempre mudam alguma coisa, mas mesmo nesse caso, onde a série sofreu bastante alterações, imagino que o que mais importa é se a série funciona ou não.
Pena que você achou ela 'enrolada', mas espero que na segunda temporada o andamento dela melhore.
Beijos,
Thiago - Blog GentleGeek

 
Layout de Giovana Joris