A Culpa é das Estrelas - John Green.

Título: A Culpa é das Estrelas.
Original: The Fault in Our Stars.
Autor: John Green.
Editora: Intrínseca.
Nota: 5/5. <3

Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas. (SKOOB)

Essa resenha não vai ficar digna desse livro. Nada que eu escreva aqui vai ser bom o suficiente. Sabe aquele livro lindamente doloroso? Onde você estava a minha vida toda ACEDE? Não vou falar mais nada, vamos para a resenha.

O livro conta sobre Hazel, uma paciente terminal, mesmo que seu tumor tenha encolhido bastante devido alguns milagres da medicina moderna. Ela vive uma vida bem normal, com sua mãe atrás dela para todos os cantos e agora achando que ela pode estar depressiva. É assim que ela acaba no grupo de apoio e conhece o queridíssimo Augustus Waters. A partir dai a vida dos dois muda completamente, obviamente, e eles vão curtir a vida adoidados - o que lhes resta dela, é claro, nunca se sabe.

- Você não é tão carismático assim
Ele fez pouco caso, duvidando da veracidade do meu comentário.
- Você é basicamente só gato - expliquei.
(Página 159).

"Você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais", esta é a frase do autor de A Menina que Roubava Livros (Markus Zusak) que está na capa do livro. Nunca uma frase foi tão perfeita para um livro como esta. Ri, chorei e no final estava desesperada torcendo para ter mais páginas ocultas por ali. Pois é, não tinham.

Enfim, falando sério agora (?). Simplesmente adorei a narrativa, simples e divertida. Você sofre e se diverte ao mesmo tempo, que sensação mais estranha. Gostei do tema e mais ainda pelo autor não ter se focado só nisso, sabe? Digo, o câncer está ali presente em todos os lugares do livro, mas não é como se fosse esse o ponto central do livro. Em algumas partes do livro eu nem me lembrava desse detalhe. Não sei mais o que falar, me faltam palavras para falar desse livro. Juro, está tenso.

Um livro fantástico, sem mais. Nenhum ponto negativo, apenas os positivos em todos os lugares. E a culpa não é das estrelas, é totalmente do John Green me fazendo chorar nas páginas finais. Se você é daquelas que choram até em livros de terror (depende do livro, né?), prepare seus lenços. É inevitável, você simplesmente... chora. Dói o coração, sério. É tão envolvente, tão bonito e sofrido. Tudo de bom, pronto. Outro ponto do livro que vale comentar é o fato da Hazel ser uma fanática por livros (assim como nós, bate aqui) e por um em especial, Uma Aflição Imperial. Ela falou tanto sobre esse livro e como gostaria de poder saber o que aconteceu com todos os personagens (já que o autor simplesmente não escreveu mais livros e sumiu), que até eu queria saber o que aconteceria. Será que a mãe dela se casou com o cara? Eu acho que ele é um vigarista, aposto, eu sinto. 

Outro ponto mais do que positivo: os personagens. Hazel é adorável e o humor negro dela me contagiava enquanto eu lia o livro. Gostei do fato de ela não se fazer de 'mocinha indefesa' e chorando por conta do câncer. Ela simplesmente entendia esse fato, não gostava disso, esperava que pudesse ter mais dias de vida e... era isso. Sem 'mimimi'. Augustus também tinha esse humor, acho que não queria que vissem ele como fraco e coitadinho também. Ele era super charmoso e todos aqueles "ok's" dele com a Hazel... que lindos esses dois. Gostei das frases de estímulos dos pais dele, não que eu ache que alguma realmente ajude.

Tem também Isaac, o amigo deles. Acho que foi dele que eu senti mais... dó. Queria simplesmente pular dentro do livro e abraçá-lo sem parar. Claro, depois de jogar uma partida de video game com ele. Gostei também dos pais da Hazel, mas odiei o Peter (o autor do livro favorito da Hazel). Ok, ele falava o que pensava e depois ficamos sabendo o motivo de algumas atitudes dele. Só que eu não consigo gostar dele. Não consigo, sinto muito. Foi o único também, então não atrapalhou em nada.

- Augustus - falei - Sério. Você não precisa fazer isso.
- Claro que preciso - disse ele - Eu encontrei o meu Desejo.
- Cara, você é demais - falei para ele.
- Aposto que diz isso para todos os garotos que bancam viagens internacionais para você - ele retrucou.
(Página 87).

Resumindo: LEIA! Super recomendo esse livro, então se tiver uma oportunidade, leia. Emocionante, doloroso e incrível. Sério John Green, meu coração ainda está em pedacinhos por esse livro. Adorei, espero que essa resenha tenha mostrado pelo menos um terço de quanto eu gostei desse livro. A Culpa é das Estrelas foi lançado aqui pela Intrínseca, editora parceira aqui do blog.

17 comentários:

Aione Simões disse...

#TodasComemora por você ter achado, finalmente, seu livro nota máxima!
Estou doida pra lê-lo, simples assim! Imagino que ele deva ser agridoce como você descreveu, e exatamente por isso ser tão bom!
Beijão!

Nicole Fabri disse...

Quero ler, quero ler *---*
Acho que alguém vai se animar pra ler Quem é você Alasca, lalala...

Amiga da Leitora - Thais disse...

Quero muito este livro também, vou ler sim, com certeza! Antes eu já estava ansiosa e a sua resenha só aumentou a ansiedade!!

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

samyra aquino disse...

Olá Vanessa!

Estou super ansiosa para ler este livro, pois parece ser "leitura obrigatória", sabe?! :D
Só leio maravilhas sobre 'A culpa é das estrelas' e isto me deixa mais curiosa ainda. A história parece ser magnífica e emocionante! :)

Beijos,
Samy Aquino

Rafael Fernandes disse...

Que bom que vc gostou do livro. Estou com tanta expectativa pra ler esse livro. E vc gostou tanto. Vamos ver se acharei o mesmo que vc. rs Apesar de que amo esse tema. Resenha contagiante!!!
Leituras Vivas

Vinícius Costa disse...

A diagramação desse livro é tudo!!
Vi na Bienal e não comprei porque já tinha torrado tudo! Rsrs
Vamos ver no futuro, né? Hehe

Um beijo,
Vinícius - Livros e Rabiscos

Luara Cardoso disse...

Ai, PRECISO ler esse livro. Já coloquei como livro que eu TENHO que ler, não importa se isso me leve a falência.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Camila Costa disse...

porque será que eu SEI que eu vou soluçar MUITO com esse livro??
mesmo assim nao vejo a hora de ler, é um dos que eu mais quero ler ultimamente to PIRANDO por ele!!
acho que vou dar uma olhadinha nos preços pelos sites afora kk
Beijãão

CC
Cabelos ao Vento

Amanda Almeida disse...

Oi Vanessa, tudo bem?
Nossa, me apaixonei ainda mais pelo livro depois de ler sua resenha. Estou desejando esse livro já ha algum tempo, e ele parece ser perfeito. Quero muito lê-lo e ter ele na minha estante.
Parabéns pela resenha, ficou ótima.
Abraços,
Amanda Almeida

Priscila Boltão disse...

Então, eu terminei esse livro no final de semana... e honestamente, não sei oq dizer sobre ele que faça justiça. Quero dizer, ele é maravilhoso. Mas não consigo encontrar palavras pra dizer o quando ele é maravilhoso. Parece que só quem leu consegue entender. E, bom, é isso. Não consigo nem comentar pq só de ler as resenhas, eu começo a chorar de novo. (Basta mencionar que ali pro final, eu fiquei soluçando num canto da minha cozinha abraçando o livro tentando evitar que as lágrimas pingassem nele.)
Enfim. Okay. *cry*

Letícia Iauch disse...

Ei Van!

AI MEU DEUS. Eu fiquei babando nesse livro lá na Bienal, mas eu já tinha gastado tudo o que podia e não podia, e minha mãe fez cara feia logo que eu olhei do livro pra ela e falei "Mãe..." HUSUHAUHSA
Mas juro que vou comprar ele o mais breve possível!
Acho lindo quando os personagens não ficam se lamentando, mesmo sabendo tudo de ruim que pode (e provavelmente VAI) acontecer. É tão...corajoso.
Amo livros assim, e não há dúvidas de que, assim como você, você amar ACEDE *-*

Bjoos'
Lets

Julia G disse...

haha, eu só preciso cada vez mais desse livro, ele parece tão lindoooo :D
Adorei o que você falou sobre ele, e se o livro é maravilhoso e além disso você não tem problema com nenhum personagem, deve ser porque vale a pena ^^

Beijos

Marta Safaneta disse...

Para você falar tão bem assim deve ser bom mesmo kkkk
É a primeira resenha que leio, mas comprei o meu na bienal,já tinha lido trechos em inglês e gostado bastante.
O meu livro veio impresso de ponta cabeça kkkkk mas enfim, eu amo ele da mesma maneira

Beijos
Marta
http://aspalavrasfugiram.blogspot.com.br

Rachel Lima disse...

Se você gostou dos personagens, é um livro para se ler mesmo, hahahha. Todo mundo fala TÃO bem deste livro, eu já estou apaixonada. Ele está aqui na minha fila de livros, logo logo lerei. Parece simplesmente muito fofo. Sua resenha está ótima, ness, comento com você quando eu terminar de ler o meu <3
Beijos!

Chel Lima - http://corujando.org

Janna disse...

Ebaaaa eu tenho ele, então não vou ficar desesperada pra comprar, pois depois dessa resenha eu preciso ler urgente rsrs.....adorei a resenha e todos falam mto bem do livro...

BjOs!!!

Taly disse...

#ChoraLitros ACEDE me fez ficar largada na cama chorando por 5 minutos seguidos depois que terminei de ler!!! T_T O livro é mais que lindo, muito muito bom <3 Saudades V.

VANESSAANGELQ disse...

participando dos sorteios.

 
Layout de Giovana Joris