Herdeiro da Escuridão - Paul Cleave.

Título: Herdeiro da Escuridão.

Original: Blood Men.
Autor: Paul Cleave.
Editora: Fundamento.
Nota: 3,5/5

Edward Hunter tem tudo o que um homem pode desejar: uma linda família, um bom emprego e um futuro promissor. Ou quase tudo: ele também é o filho de um terrível assassino em série, preso há décadas e que jamais voltará às ruas novamente. Graças ao pai, Edward perdeu a mãe, viu a irmã se tornar uma viciada e cresceu com a certeza de que era visto por todos ao seu redor como uma bomba-relógio que poderia explodir a qualquer momento. Hunter parece ter deixado o passado obscuro para trás - até o dia em que sua vida sofre uma mudança cruel e totalmente inesperada. Faltando poucos dias para o Natal, a mulher de Edward é morta durante um assalto a banco. A estabilidade e a paz de espírito que ele acreditava ter alcançado desaparecem e dão lugar a um vazio que se transforma em revolta, frustração e em um desejo ardente de vingança. A demora da polícia em encontrar e prender os bandidos faz com que Edward resolva caçar sozinho os homens que mataram sua esposa. E, em pouco tempo, ele descobre que poderá ter um aliado de peso nessa busca: o próprio pai, que tem condições de lhe dar informações valiosas sobre a quadrilha de assaltantes. Como alguém que acredita não ter mais nada a perder, Edward parece estar disposto a se tornar o segundo assassino da família Hunter. Será que ele pode evitar que a tragédia arruíne de vez a sua vida? Ou irá apenas fazer o que parece inevitável - ouvir o "monstro" que habita sua mente e se transformar em um matador? (SKOOB).

Gente, eu deveria ter lido esse livro há muito tempo, mas não vamos ficar remoendo o passado por aqui. Achei que este seria o primeiro livro do ano a ganhar cinco estrelinhas - sim, ainda estou atrás desse livro cinco estrelas, é bom que eu ache um logo - mas teve uns probleminhas aqui e acolá e... nada feito. Sou eu a exigente ou estou lendo os livros errados no começo do ano? Credo. Mas nunca desisto, tomara que o próximo ganhe cinco estrelas. Tomara.

Mas falando do livro agora. Bom, a história é sobre Edward Hunter, o filho de um serial killer que matou várias prostitutas alguns anos atrás. Também, com esse sobrenome até eu seria serial killer, ta no nome, na linhagem gente! De todo jeito, o pai dele foi preso e Ed viveu sua vida normalmente, sem nem sinais do 'monstro' que tinha atingido seu pai e o fazendo matar aquelas mulheres. Porém, sempre tem um porém e sempre vai ter. Num belo dia, ele e a esposa estão juntos quando começa um assalto e termina do jeito mais trágico possível: a esposa de Ed é morta. Isso o deixa maluco e morrendo de vontade de se vingar dos bandidos. Para isso, ele tenta seu único recurso: o pai, que pode ter informações preciosas sobre os bandidos. No meio de toda essa vingança, será que ele vai acabar ficando igual seu pai ou vai lutar contra o 'monstro'? Confuso? Sou péssima em sinopses.

Eu gostei da história gente. Serial killers é a minha praia, sério, adoro livros assim. Mas que fique claro: só nos livros gente, na vida real eu não gosto dessas coisas e juro que não vou me tornar uma psicopata maluca por ai, pelo menos eu espero. Continuando, história boa, narração horas em primeira pessoa (pelo Ed) e outras em terceira pessoal (quando mostrava o lado da polícia), serial killer, minha praia e talz. No começo tava tudo as mil maravilhas, eu estava dando nota mil pro livro, mas a busca dele por vingança foi ficando tão chata e o monstro (é uma voz interior que diz para eles matarem e afins) era tão estranho que eu me cansei no meio do livro.

No final melhorou, eu até gostei de como as coisas foram acontecendo e alguns descobertas básicas que tem que ter em todo livro. Só que eu acho que eu tinha um final do livro planejado na minha cabeça, sabe? E eu realmente acreditava que iria acabar daquele jeito, para mim não teria jeito melhor de terminar a história. Mas o autor pensou diferente e teve outra maneira de por um ponto final a história do Ed. Não gostei, achei tão sem sal. Se fosse o meu final teria sido melhor, mas não sou escritora e não posso falar nada.

Apesar de eu ter falado que ele era estranho, acho que o melhor personagem foi o 'monstro'. E olha que ele nem era um personagem, era algo interior, da cabeça deles. Tomara que isso não seja spoiler, acho que não é, se for pode me xingar que eu deixo. De todo jeito, esse monstro realmente tinha a capacidade de mexer com a cabeça deles, ele tinha o poder. O Ed ficou muito alucinado com a morte da esposa. Eu ficaria brava e muito triste se isso acontecesse comigo, mas eu deixaria polícia resolver isso, por mais lentos que eles fossem. Mas sei lá, essas coisas mudam as pessoas e ele já não era muito certo de família, então ta bom. O pai dele, ain gente, que medo daquele homem, nunca me convenceu de que era bonzinho e só queria o bem do filho. Ele é um serial killer, eu deveria acreditar nele? Credo.

Recomendo o livro, apesar de não ter gostado do final e deixo a dica: não imagine finais para os livros, eles nem sempre viram realidade. Triste, mas nem tudo é o que queremos. Olha que profundo. Herdeiro da Escuridão foi lançado aqui pela editora Fundamento e creio que seja livro único, tomara que eu esteja certa. Ou não, vai que tem continuação e dai sim tem o final que eu gostaria -not.

22 comentários:

Aione Simões disse...

Oi Van!
É, também está difícil pra mim, ultimamente, ler um livro que realmente me encante, sabe? Já li alguns esse ano que favoritei, mas foram poucos.
De qualquer forma, esse me pareceu bem interessante, ainda que na metade ele perca um pouco o rumo das coisas!
Adoro suas resenhas porque sempre as acho muito espontâneas!
Beijão!

Bru Silva disse...

Uau adorei a resenha, quando vi a capa do livro pela primeira vez, fiquei meio assim, achei um pouco estranha, mas a sinopse me pareceu super interessante, mas agora já gosto da capa, e estou curiosa para ler rsrs.

Beijos, parabéns pela resenha.

Bárbara Murat disse...

Você não gostou do livro, mas gostou da estória, é isso? Fiquei confusa... HAUHA.
Também gosto dessa coisas, mas nos livros, só nos livros; acho que ia gostar dele!

Beijos.

Sora Seishin disse...

Oi Vanessa!
Esse livro parece ser muito bom!
Eu também gosto de histórias de serial killers, mas só nos livros/filmes claro!
Pena que o final não foi o que você esperava... Eu também imagino finais para os livros.

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

The Lazy Girls disse...

oie...
Amei sua resenha!
Nunca li livros desse estilo mais sou louca para ler... e gostei muito desse apesar de vc não ter gostado muito do final...rsrs
Obg pela visita lá no blog!=]
E que bom que vc gosta da série de Para Sempre=)
Tem resenha nova lá no blog se vc quiser ir e deixar um coment...
http://falleninme.blogspot.com
bjão Rê

The Lazy Girls disse...

oie...
gostei muito da sua resenha!
gostaria muito de ler um livro assim mais nunca li quem sabe esse não seja o primeiro!
obg pela visita lá no blog!
e que bom que vc gosta da série de Para Sempre...
tem resenha nova lá no blog se quiser ir lá e deixar um coment...
http://falleninme.blogspot.com
bjão

Mii disse...

Não gostei da capa, mas adorei a resenha Van.

Quem sabe eu ainda leia né?

beiijos

Juliana disse...

Oi, Van!
Aff, também sou assim quando o final não é o que eu queria ><" hahahaha
Gosto dessa coisa do 'monstro', me lembrou o Dark Passanger do Dexter *O* Mas parei de comprar a´, porque o Dex é incomparável.

ENFIM.

Você está lendo 'O Circo da Noite' *----------------*

Terminei de ler hoje e achei lindo, incrível, poético, mágico e perfeito <3 Não sei se vai fazer seu estilo, mas faz o meu completamente. Acabei querendo começar de novo, só pra ver tudo de encaixar *suspira*

ENFIM. Ele foi 5 estrelinhas PLUS coraçãozinho pra mim. Espero que você goste :D

Beijoooo!

Ju
julianagiacobelli.com

Julia G disse...

UIAhauiHAiu
Seria killers ser a sua praia ficou meio estranho o.Õ
Fora esse pequeno detalhe, o livro parece interessante, mesmo com o final meio frustrante como você diz.

Beijos

Letícia Iauch disse...

Ei Van!

Eu também curto essa coisa de serial killer, acho bem dahora u.u kkkkkkkkkkkk
Ah, odeio quando os finais estragam os livros :/ Poxa, isso não deveria acontecer.
Mas enfim, eu não pediria ajuda pro meu pai psicopata O.O Eu hein, esse Ed já tinha instinto assassino u.u kkkkkk

Bjoos'
Lets

Luara Cardoso disse...

Uma pena que você ainda não tenha achado um livro 5 estrelas! Mas calma que ainda tem muito tempo pra achar um livro 5 estrelas, ok?
Acho que todo mundo gosta dos serial killers só na ficção né? UAHSHAUSA Eu pelo menos sou assim. o.o
E que pena que o final não foi o que você esperava... mas é assim mesmo.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Acabei de ler um livro de serial killer que curti muito se chama identidade roubada vou ver se coloco resenha semana que vem no blog. Enfim gostei da resenha acho interessante estes livros que tratam do nosso psicologico porque isso e mais assustador do que qualquer coisa ne...nossa cabeça e muito louca...huahau...vou dar uma maneirada agora nesses livros assim mas vou anotar sua dica para futuras leituras.
Bjksss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Juliana Cysne disse...

Tenho certeza que você não vai se tornar uma Serial Killer, você parece doce demais para tal coisa! E eu também adoro livros desse jeito. Me prendem bastante. E nos seriados também, mesmo eles sendo psicopatas, são bastante inteligentes!

http://almanaquedeescape.blogspot.com.br/

Babi Lorentz disse...

Calma que você ainda vai encontrar um livro 5 estrelas. Já leu Antes que eu Vá? Ou, sei lá, Divergent? São ótimos livros! :D
Qualquer coisa releia algum MUITO bom e continue depois com suas leituras. Isso vai servir pra dar um gás.
Ainda não li este livro, mas, apesar de ter sido um livro 3,5 pra você, tenho impressão de que pra mim ele até poderia chegar a 5.
Beijos

Bruna Morgan disse...

Estou querendo ler esse livro há tempos!
http://bruna-morgan.blogspot.com

Nana disse...

Hey
Esse livro tem cara de antigo O.o
Gosto também desse plot, são os livros que me prendem mais.

Parece uma história de um filme que já vi...haha

Olha cê ta ficando muito preguiçosa, ein!

beijos e um excelente final de semana pra você
NANA - OBSESSION VALLEY

Rayra Mirelem disse...

Gostei do livro, parece ser interessante :)

Também crio finais enquanto estou lendo os livros, e sempre acabo me decepcionando, quando não acaba do geito que eu queria haha'

Beijos,
Books Lovely

palavrasdeumlivro disse...

Primeiramente, amei a sua resenha, você escreve de um jeito direto e divertido, adorei. Eu também gosto muito de estórias de serial killers, e esse livro parece ser bem legal, mas eu odeio quando não gosto dos finais, isso é horrível haha.
Bjs

palavrasdeumlivro.blogspot.com

Ana Ferreira disse...

Van, neste ano, felizmente, já encontrei o meu livro 5 estrelas. Foi um só também, creio eu, mas foi um caso de mais puro e supremo amor, um livro que levarei para toda a vida *emoção*. hahaha
O que mais temo com esses livros da Fundamento é que eles se tornem infantis demais, apesar da premissa da história ser notavelmente forte e mais de terror. Agora sério que você curte temas de serial killers? Credo. heiuheiueh Não curto meeeeesmo.

Beijinhos!
Ana - Na Parede do Quarto

Ane Reis. disse...

Oie Van!

Nossa como tá dificil realmente ler um livro que você diga no final OHHHH!!!

Não curto muito livros neste estilo rs... mas embora o final não seja aquilo tudo (afinal que livro anda tendo grandes finais)ele parece legal ^^

bjinhos e uma ótima semana ;**

anereis.

mydearlibrary | bookreviews • music • culture
@mydearlibrary

Jéssica Campos Fonseca disse...

Olha, eu sempre tive vontade de ler esse livro, pois também sou apaixonada por Serial Killers.

Bem, não sei o porque necessariamente você achou que a narrativa fica chata, mas continuo me interessando pelo livro e espero não me arrepender também.

Engraçado o que você disse no começo do texto sobre se você está ficando chata com as avaliações, às vezes sinto a mesma coisa em relação aos livros, parece que quanto mais eu leio, mais exigente eu fico.

Bjsss
Blog Literário Reading Books and More...

Fabrica dos Convites disse...

Oi Vanessa, também adoro este tipo de livro.
Bjs, Rose.

 
Layout de Giovana Joris