A Destinada - Paula Ottoni.

Título: A Destinada.
Autora: Paula Ottoni.
Páginas: 397.
Nota: 3,5/5.

Eliza Stewart tem um dom incomum. Ela é vidente. Sempre fez parte de sua vida salvar as pessoas com quem se preocupa, prevenindo acidentes e inconveniências que pré-visualizou em sua mente. Mas nada nunca se comparou ao tipo de visões que começa a ter aos dezoito anos, numa noite em que “vê” um rapaz sendo sequestrado de um trem. Os dois passam a ter “encontros” em sonhos, totalmente reais, ocasiões em que ele diz que será assassinado e ela é a única que pode impedir essa tragédia. Agora Eliza precisa reunir coragem, fugir de casa e sair em uma viagem incerta para tentar salvar essa vida e, quem sabe, recuperar seu grande amor. Veja mais em: www.adestinada.com (SKOOB).

Acho que faz uma ou duas semanas que eu já li esse livro, porém só agora estou fazendo a resenha. Na verdade a autora deve estar me odiando pois já me mandou o livro faz um tempinho e só agora estou aqui falando sobre ele. Sou uma péssima pessoa.

O livro fala sobre Eliza, uma menina que tem um dom incomum: ela é vidente. Sempre usa isso para coisas pequenas, como avisar os seus familiares sobre possíveis acidentes que possam acontecer com eles. Mas sempre essas coisas básicas, diferente da visão que ela teve desta vez. Em uma noite, Eliza 'vê' um rapaz sendo sequestrado e depois disso começa a ter 'sonhos' com ele, nos quais ele diz que está em perigo e que só ela poderá ajudá-lo. Eliza então parte para sua missão e tenta salvar a todo custo o menino dos seus sonhos. É basicamente isso, não posso falar mais coisas e soltar spoilers.

Gostei da história do livro. Ok, é comum esse tema da mocinha com dons que precisa salvar o garoto. Mas alguma coisa nesse livro me cativou. Gostei de como a autora escreveu, não ficava perdida e gostei muito de como a história deles acabou se juntando. Não estava esperando por isso. Os sonhos foram bacanas e como eles foram explicados depois, principalmente o 'dom' dela também no final. Aproveitando que falei sobre o final, não gostei muito dele. Foi merecido, só que eu estava torcendo por um outro. Típico, nunca acontece nada que eu quero. Até os livros fazem isso comigo, já não basta as séries. Ok, eu dei um pouco de risada no final porque ele confunde e achei engraçado. Não uma confusão ruim, mas uma boa (?). Que resenha confusa, perdi o jeito para fazer resenhas já :S

De pontos negativos, achei que em algumas partes a autora poderia ter cortado ou então acelerado um pouco os acontecimentos. Entretanto, as partes de ação que tem mais para o final do livro são muito boas. Apesar de saber que o 'bem' provavelmente venceria no final, eu ainda fiquei roendo as unhas torcendo loucamente. Não posso fazer nada para evitar isso. Ah, outra coisa que eu super gostei: tem frases de autores diferentes no começo de cada capítulo. Teve algumas muito boas, anotei na minha agenda de quotes.

Eu gostei da Eliza, a personagem principal. Tudo bem, ela é um tanto louca e não mede esforços para salvar o garoto. Mesmo assim, achei ela uma boa personagem, daquelas que corre atrás do que quer, fica confusa entre dois garotos, mas no final tudo se ajeita. Se eu fosse os pais dela iria surtar com as coisas que ela faz nesse livro. Muito louca, tsc tsc. Só ela também que me interessou, não gostei do 'garoto dos sonhos', o Joe Jonas. Sei que ele é a vítima e que eu deveria ficar com dó dele, mas ao invés disso acabei não me interessando por ele. Não estava torcendo para que o pobre coitado morresse também, não foi tão grave assim. Gostei mais ou menos do Will. A Eliza conheceu ele em um dia e já estava indo pra lá e pra cá com ele. E se o menino fosse um serial killer? Eles sempre parecem inofensivos, mas não são. Ela é louca, eu disse. O Will ajuda muito ela em tudo, bacana da parte dele, então por isso ele ganhou uns pontinhos comigo.

"Não conseguia acreditar que aquele pesadelo estava começando de novo. E era quase que literalmente um pesadelo. Mas eu sabia bem demais que eram minhas visões. E era isso que me incomodava, porque não me importava em sonhar com coisas ruins, se eu sabia que era tudo mentira. Mas com minhas visões era diferente. Era real demais, e era verdade" Página 12.

Resumindo: eu recomendo o livro. Achei sim um pouco parado e não gostei do final, mas em geral o livro é bem interessante. Recomendo sim sim. Queria agradecer a autora que gentilmente me enviou a cópia do livro para ler e resenhar. Muito obrigada. É isso ai, fim.

13 comentários:

Segredos em Livros disse...

Oi Vanessa, tudo bem? Adorei muito o seu blog. Já estou acompanhando aqui, participando da promo e claro, adorei a sua resenha. Fiquei curiosa em relação a esse livro. Bjs, Fê - http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

Marina disse...

Gostei da sinceridade!
O livro parece bem legal, tem um tema diferente e tal, gostei da historia dele ^^

Luana Karla disse...

o livro parece ser bem previsível e maçante... Enfim, amei a sua resenha, muito bons seus argumentos!
Luana Karla. http://sector-12.blogspot.com.br/

Aione Simões disse...

Oi Van!
Eu também curti o livro, apesar de algumas partes não terem me agradado tanto.
A Paula escreve super bem e isso faz toda a diferença, né?
Beijão!

Carolina disse...

AMO mocinhas que sabem o que querem e vão atrás, nada pior que ficar lendo lamentações de garota que se faz de vitima em tudo!
Gostei bastante da idéia do livro, apesar do tema comum, ainda não li um livro assim.

Beijo
Sun Rises Here

Enfim Shakespeare disse...

Hey,

Gostei da resenha do livro não importa se a história tem algo em comum com o que lemos diariamente cada livro é uma surpresa não é?


:)

http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

Julia G disse...

Ei Van, estou lendo esse livro agorinha, e estou gostando também. Ainda não me encantei, mas espero que isso aconteça! Que bom que algumas coisas são explicadas no final, eu tava ficando fula que tinha um monte de regrinhas e eu não sabia de onde vinham.

Beijos

Janna disse...

Oi Van, o livro parece ser bem legal, ainda não li nd nesse tema em que a mocinha prevê os acontecimentos, gostaria de conhecer o livro, já que se trata de autora nacional...

BjOs!!!

Livros Pura Diversão

Livroterapia disse...

Adorei a resenha!
Fiquei morrendo de vontade de ler!
Beijos
Rízia - Livroterapias
Livroterapias.blogspot.com.br

Amanda Souza disse...

Não é o tipo de livro que me deixa com muita vontade de ler, mas eu leria. Acho que o diferencial de cada autor está nisso, mesmo sendo uma história clichê, ele consegue deixar a gente com vontade de ler e com vontade de que tudo dê certo no final.
Beijinhos

hiperbolismos.blogspot.com

Isie Fernandes disse...

Oi, Vanessa.

Ah, tem jeito de livro bem adolescente. Eu gostei bastante da história. Claro que a gente só tem certeza mesmo depois que conhece o estilo da narração e tal, mas, no geral, me agradou bastante. Gostei da confusão em sua resenha também. rsrs...

Beijos,

Isie Fernandes - de Dai para Isie

Letícia Iauch disse...

Ei Van!

Ah, só de olhar a capa já senti afeição pelo livro. Sou dessas. E gosto de histórias de vidências e tudo mais (não que eu gostaria de prever o futuro, Deus me livre).
Só não sei se eu lidaria bem com o fato de o livro ser um pouco parado, porque ultimamente ando tão lenta para ler livros que nem gosto de pensar em livros parados hahahaha
Mas a história realmente parece ser bacana. Adorei a resenha ;)

Bjoos'
Lets

Ane Reis disse...

Oie Van =D

Ai *-* ler suas resenhas sempre me confortam, já que percebo que não sou a única chata (sincera d+) em relação aos livros que lê e resenha.

Eu já tinha visto a capa deste livro, mas confesso que ele não me despertou muito interesse. E pela sua resenha percebi que ele é meio "fraquinho " tb.

Parabéns pela resenha linda!

bjus;***

anereis.
mydearlibrary | bookreviews • music • culture
@mydearlibrary

 
Layout de Giovana Joris