Amor em Ação - Metsy Hingle.

Título: Amor em Ação.

Original: The Marriage Profile.
Autora: Metsy Hingle.
Editora: Harlequin.
Nota: 2/5

Sócio: Amargurado xerife Justin Wainwright.
Estado Civil: Divorciado e sem planos de se casar.
Método De Sedução: Um encontro de madrugada com sua, ex-esposa pode ser sua tacada de sorte!
A bruxa estava solta em Mission Creek quando Justin Wainwright uniu forças à Angela Mason, sua ex-mulher, para encontrar Lena, o bebê seqüestrado. O xerife certinho, que costumava zombar das tolices esotéricas que fizeram a fama de Ângela, estava disposto a qualquer coisa para resolver o caso. Contudo, isto não queria dizer que Justin se deixara cegar pelos encantos de Angela. Ainda mais quando ela era suspeita de envolvimento com a máfia do Texas. Na verdade, Angela estava pisando em um terreno perigoso e correndo risco de vida... e Justin estava mais do que disposto a enfrentar uma saraivada de balas em nome do amor! (SKOOB)

Gente, eu sempre falei que queria muito ler um livro de banca. Infelizmente acabei não lendo um desses no ano passado, mas no começo desse ano acabei pegando um daqui para ler e estava super torcendo pra gostar. Peguei um que tinha uma investigação policial e tudo mais, só que acabou não sendo tão legal quanto eu esperava. E dessa vez não vou colocar a culpa na minha expectativa - já que ela nem foi tão grande.

Bom, o principal do livro, Justin (not-Bieber-neversaynever) é o xerife da cidade e está investigando um caso de uma garotinha desaparecida. Tudo estava indo muito bom, muito bem até que a ex-esposa dele, Angela, que é uma 'vidente' (que me lembrou o carinha do seriado The Dead Zone e agora me lembrei de The Mentalist, mas o carinha desse seriado não é vidente, ele só observa com atenção qq) e tem um bom currículo em encontrar pessoas. Daí já viu, né? Eles vão trabalhar juntos e vai ter toda aquela tensão sexual que vocês já podem imaginar.

Nem sei como falar desse livro. Eu gostei até do desenrolar do livro, tinha uma história bacana e o lance entre o Justin (not-Bieber) e a Angela. Tudo estava indo mais ou menos bem até o final do livro. Fico meio sem solução pra mim, não fez muito sentido e xinguei todinha a autora. Coitada dela, mas eu não gostei e ponto final querida Metsy, sinto muito. Apesar de eu ter gostado da história, achei meio fraquinha. Sei que livros de banca são mais ou menos assim, não com histórias fracas, mais simples e objetivas, mas esse não me agradou. Infelizmente, queria muito ter gostado desse minha primeira experiência com livros de banca.

Daí você me pergunta (ou não): 'então quer dizer que não vai mais ler nenhum livro de banca?'. Claro que vou! Já li muitos livros ruins, mas nem por isso eu vou parar de ler qualquer outro livro. Senão não faria sentindo eu ter um blog literário e sim, estou viajando na resenha novamente, como já é comum aqui.

Eu disse que gostei do lance do Justin (not-Bieber) e da Angela, mas eles separados eram dois chatos. Ele pior do que ela ainda. Sério! Ele sempre pensava as coisas da maneira errada e se achava o maioral. E ela, bom, ainda não acredito muito nessa vidência (só acredito vendo q) dela e no final não serviu de nada. Dois bobões. Pronto, fim de papo.

É isso. Meu primeiro livro de banca não foi tão bom quanto eu achava que seria ou talvez eu escolhi o livro errado para ser o primeiro. De todo jeito, eu não recomendaria muito não, mas se você quer ler eu não irei impedir, juro pra vocês.

15 comentários:

Camila Costa disse...

meu primeiro livro de banca também nao foi bom! Sinceramente nem lembro o nome do negócio, mas só sei que era terrivel, terrivel mesmo.
Eu não sou a pessoa mais experiente em livros de banca, além do coisa ruim, só li outro que realmente valeu a pena chama O Ultimo Campeão da Deborah Hale, mas pretendo ler muito mais!
Beijooos

CC
blogcabelosaovento.blogspot.com

Aione Simões disse...

Hahahaha obrigada por não me impedir, caso eu queira ler!!
Então, eu só li romances de banca históricos até agora! E só 2! Um eu adorei, o outro achei mais fraquinho!
É bem como você falou mesmo, você pode ter feito uma má escolha e é muito bom que você não tenha julgado todos os romances de banca por esse!
Espero que suas próximas leituras sejam melhores hehe
Beijão!

Karine Marinho disse...

Eu gostei do primeiro livro que eu li do outro nem tanto, mas dizem que tem as escritoras que são melhores nesses assuntos. Mas eu não sei quais são. Preciso dizer que ri com o Justin (not-Bieber)? kkk'
Concordo com você não é porque um livro é ruim que não vou ler mais.
Beijos,K.
Girl Spoiled

Karine Marinho disse...

Ah, e me passa seu endereço que eu envio o marcador de silêncio :D Não sei quando, mas envio.

Isabella disse...

OI VANESSA! ADOREI A RESENHA!
TENHO UMA PROMOÇAO NO MEU BLOG!
PASSEM LÁ!
http://paixaoem-livros.blogspot.com/2012/02/promocao-anna-e-o-beijo-frances.html

Nil Macedo disse...

Realmente nao fiquei com nenhuma vontade de ler esse livro.
Sempre tive meio que o pe atras com livros de banca porque nunca consegui achar um que eu gostasse. Estou traumatizada. rs.
A sua resenha ficou sensacional (ta bom, voce viaja um pouco. rs.) mas isso e' legal. Sua sinceridade foi otima. Adorei!

bjs.

http://booksandmuchmore.blogspot.com

Juliana disse...

VAAAAAAAAAAN

Olha, morro de preconceitos de livro de banca ><" hahaha E o pior é que nunca li nenhum, então acho que é culpa das capas -q

Realmente, a história parece ser bem fraquinha, e eu nem sou muito fã de "histórias objetivas", gosto de traas mais complexas '-' -Q

Mas, quem sabe, um dia eu tome coragem e vergonha na cara, né. A esperança é sempre a última que morre haha

beijoooo!

Ju
julianagiacobelli.com

Bárbara Murat disse...

Não conhecia o livro e também não fiquei curiosa -q
Nunca li nenhum romance de banca e acho que nem vou ler tão já.. Não me atraem muito..

Beijos.

Caue1507 disse...

nunca li nenhum livro de banca.. ainda não achei nenhum que me chamasse a atenção D: mas gostei muito da resenha, ri bastante com o Justin (not-Bieber) husahusahuashu xD

--
hangover at 16

Thaís Varine disse...

Mas não desista viu?! Eu tenho uma enorme coleção de livro de banca e te garanto que todos são ótimos! Um ou outro deixa a desejar... =/

Beijos

Ane Reis. disse...

Oie Van =) Ah!!! Eu adoro livros de banca rs... acho que da proxima vez que for ai centro da cidade vou passar naquela banca perto da padaria e comprar alguns rs...

Eu conheci muitas autoras legais através deste livros e sinto por você ter começado meio com o pé esquerdo =/ mas não desanima não. Tem uns titulos muito bons que valem apena!

bjinhos

anereis.

mydearlibrary | bookreviews • music • culture
@mydearlibrary

Thais Priscilla disse...

Não parece ser meu estilo de leitura. Infelizmente :/

Beijinhos,
Thais P.
http://thaypriscilla.blogspot.com

Letícia Iauch disse...

"Dois bobões" kkkkkkkkkkk ai Van, eu sempre dou risadas lendo suas resenhas!
Anyway, não curto muito livros de banca, infelizmente não faz meu estilo de leitura, a leitura não flui, sabe? :/
Muito muito boa a resenha!

Bjoos'
Lets

Sora Seishin disse...

Oi Vanessa!
Oba, seu primeiro livro de banca :D
Apesar de não ter sido uma primeira experiência muito boa, não desista!
Eu gosto mais do selo "Rainhas do Romance" da Harlequin, recomendo você pegar um desse pra ler. E já que tô falando dele, recomendo minha super diva Nora Roberts ;)

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Mariana disse...

Eu adoro livros de bancas, meu gosto pela leitura começou com eles, depois eu fui evoluindo para livros mais "elaborados" ASHUAHSUASHUA que pena que você começou com um não tão bom, porque o que eu posso dizer é que esses livros são ótimos para se distrair e principalmente se você gosta de um bom romance! A sinopse do livro tinha me chamado atenção, gostei também ter uma trama policial no meio, mas quando não é bem explorada (como parece ser o caso) eu não gosto deler.. já que para mim tem que fazer sentido e não achar o culpado assim do nada (como as vezes acontece com alguns livros policiais). Obrigada pela resenha, beeijos!

 
Layout de Giovana Joris